quinta-feira, 29 de junho de 2017

PC REALIZA SETE PRISÕES DE ENVOLVIDOS COM TRÁFICO EM CAMPINA

Policiais da Delegacia de Repressão a Entorpecentes em Campina Grande prenderam dois irmãos e a mulher de um deles acusados de tráfico de drogas.

Marivaldo Marinho “piola”, 29 anos, Valdir Marinho, de 28, e Danubia Trajano, 21, são acusados de comandar o tráfico de drogas na região da Travessa Fortaleza, entre os Bairros Três Irmãs/Santa Cruz e, além de traficar, estariam amedrontando e ameaçando a vizinhança com armas de fogo.
Os presos são filhos e nora de Maria Helena Batista, presa em novembro de 2016 também por tráfico.

Na ação foram encontrados dentro de uma bolsa: maconha, balança de precisão, sacos plásticos para embalar droga, fita adesiva e um livro falso e dentro estava uma pistola escondida.
OUTROS PRESOS POR TRÁFICO
A polícia civil prendeu quatro pessoas acusadas de tráfico e associação ao tráfico de drogas em Campina Grande.
Contra três homens e uma mulher foram cumpridos Mandados de Prisão Preventiva.  
Consta na investigação que os presos integram uma quadrilha que liderava a comercialização de droga nos Bairros Jardim Verdejante e Serrotão, sendo responsáveis pelo envio de drogas que eram frequentemente arremessadas para dentro do presídio do Serrotão.
As prisões de Lucimário, Luís Fernando, Alexandre e Ellen foram realizadas por investigadores criminais da das5ª e 7ªDD e do NERTHO.
O delegado Damião Marçal representou pela prisão preventiva dos acusados
ROUBOS E FURTOS
A Delegacia de Roubos e Furtos em Campina Grande, deu cumprimento a quatro Mandados de Prisão e de Busca e Apreensão nos Bairros do Pedregal e Bodocongó.
Dois homens foram presos.
As prisões são resultados das investigações  do ataque  (com explosivos) à agência do Banco do Brasil de Gurinhém, ocorrido em 05/12/2016.
Os dois (Adelson e André) já respondem a processo criminal pelo cometimento de crimes de Associação Criminosa, Tráfico de Entorpecentes, Porte  Ilegal de Arma de fogo, Furto e Receptação
EM QUEIMADAS
Policiais civis da 11ªDSPC/Queimadas após diligências identificaram os autores do furto de uma moto e recuperaram o veículo no momento em que ele estava sendo “desmanchado”.
Um receptador foi preso.
(Redação com informações da 10ª e 11ªDSPC)

Nenhum comentário:

Postar um comentário