quarta-feira, 5 de julho de 2017

CONCURSO PÚBLICO DA CÂMARA MUNICIPAL DE CAMPINA É PRIORIDADE, DIZ PRESIDENTE

A vereadora Ivonete Ludgério (PSD), presidente da Câmara Municipal de Campina Grande, reafirmou seu compromisso de realizar um concurso para preenchimento de vagas em vários setores da Casa de Félix Araújo.

A declaração foi dada ao jornalista Arimatéia Souza, durante entrevista na Rádio Campina FM, no início da tarde desta quarta-feira (05/06).
De acordo com a presidente, em termos de investimentos, o concurso público é atualmente uma prioridade do seu governo. 
Temos um número muito reduzido de funcionários efetivos e hoje precisamos fazer um concurso. Vamos primeiramente fazer estudos para analisar a viabilidade. Isso vai depender justamente das questões financeiras para que a gente possa aumentar o número de funcionários efetivos daquela Casa”, informou Ivonete Ludgério.
A previsão, caso seja confirmada a viabilidade financeira, é que o concurso seja realizado já no próximo ano.
Os setores de “Taquigrafia” e “Redação e Edição” são os mais necessitados, conforme explicou a presidente.
Mas é prevista também a abertura de vagas para o setor de comunicação.
Outra prioridade da atual gestão é a implantação da TV Câmara com sinal aberto.
Tudo isso são pretensões e eu pretendo colocar esses projetos em prática até o final do meu mandato”, comentou.
Sobre as questões financeiras do Poder Legislativo campinense, Ivonete lembrou que está sob o comando da casa há seis meses e, ao assumir, encontrou algumas pendências financeiras, mas que já estão todas em dia.
Havia uma questão financeira para sanar em relação à previdência, e herdamos a folha do mês de dezembro também. Então tivemos um início difícil, mas graças a Deus eu posso afirmar hoje que coloquei todas essas demandas em dia”.
Atualmente o Pode Legislativo está em recesso e retoma as atividades na próxima segunda-feira (10).
Houve uma redução desse período de recesso, fruto de uma propositura da vereadora Ivonete Ludgério e da Mesa Diretora da Casa, que resultou no acréscimo de 19 dias de trabalho para os vereadores.
A CMCG fechou o primeiro semestre com um aumento de 40% da produção legislativa em relação ao mesmo período do ano passado.
(Por assessoria da presidência)

Nenhum comentário:

Postar um comentário