domingo, 2 de julho de 2017

EM CAMPINA: DURANTE ASSALTO ACUSADO ACABA MORTO

(Atualizado)
Um assalto por volta das 17h00 deste domingo (02/07) acabou com o acusado morto.
Tudo ocorreu na Avenida Consul Noujaim Habib, no Bairro Catolé, em Campina Grande.

De acordo com a polícia militar, João Márcio Alves, de arma em punho, anunciou um assalto contra duas pessoas que estavam caminhando na calçada e numa distração acabou sendo baleado com quatro disparos.
Uma dessas pessoas estava armado.
Ele ainda foi socorrido para o Hospital de Trauma, mas não resistiu.
Márcio, que morava no Catolé, estava numa moto com um parceiro que, segundo a polícia militar, também teria sido atingido com um tiro, porém este acusado não deu entrada em nenhum hospital da cidade e fugiu com uma arma de fogo.
A moto ficou no local e a placa apresentava adulterações em três dos quatro números.
A ocorrência ficou sob a responsabilidade do delegado Antônio Lopes e equipe de investigadores criminais.
O delegado afirmou que o autor ainda não se apresentou.
*Todas as informações contidas neste texto têm como base declarações da polícia militar, que esteve no local, e do delegado Antônio Lopes da Divisão de Homicídios.

5 comentários:

  1. Que texto mal elaborado e confuso.

    ResponderExcluir
  2. A gente nem sempre agrada aos intelectuais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Reconhecer que o texto estava mal redigido e confuso é uma prova de humildade e de profissionalismo sério. Sei da tua correria e da falta de tempo e do estresse do teu trabalho.

      Excluir
  3. Entendi muito bem Renato Diniz! Parabéns.

    ResponderExcluir
  4. Antes da atualização não se citava que uma das pessoas assaltadas portavam armas e sim que quem portava arma era o outros assaltante que sumiu. Agora sim depois de atualizado deu para entender. Respa saber se o assassino do ladrão tinha porte de armas, caso contrário a polícia tem que identificar e encaminhar para se explicar do porque estava armado.

    ResponderExcluir