quarta-feira, 12 de julho de 2017

EM CAMPINA: MAIS DE 200 CELULARES E QUASE DEZ QUILOS DE MACONHA FORAM APREENDIDOS NOS PRESÍDIOS

Nos seis primeiros meses de 2017 agentes penitenciários e policiais militares evitaram a entrada de aproximadamente 230 celulares, dez quilos de maconha, quase um quilo de cocaína, crack, além de acessórios para celulares no Presídio Provisório e Penitenciária Regional de Campina Grande.
A ação permanente da polícia militar no entorno da Penitenciária Regional Raymundo Asfora, por exemplo, resultou na captura de aproximadamente 25 pessoas que tentaram arremessar droga e objetos para o interior do Serrotão. 
Já durante as visitas, cerca de 20 pessoas foram presas pelos agentes penitenciários quando tentavam entrar com ilícitos nas duas casas penais.
No Presídio Provisório seis mulheres foram flagradas com droga ou celulares nas partes íntimas, dentro de sacolas, garrafas de desinfetantes e até embutidos numa vassoura.
Na Casa Albergue, no Bairro Monte Santo, os agentes flagraram, por pelo menos cinco vezes, albergados tentando transgredir as normas ao tentar entrar no local portando maconha ou crack.
O Presídio Feminino, que faz parte do Complexo Serrotão, não teve nenhum flagrante.
*Durante operações de rotina, tanto no Serrotão quanto no Provisório, foram encontrados ainda centenas de facas artesanais e espetos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário