quarta-feira, 5 de julho de 2017

INFRATORES DO LAR DO GAROTO PODERÃO CUMPRIR MEDIDAS DE “SEMILIBERDADE”. ENTENDA

Representantes dos ministérios público federal e estadual, dos diretos humanos, presidência da Fundac, juiz da Vara da Infância, promotor da Vara da Infância, além de representantes do Sinase – Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo – visitaram o Lar do Garoto, em Lagoa Seca, na manhã desta quarta-feira (05/07).

E a visita foi considerada bastante proveitosa.
O www.renatodiniz.com foi informado de que algumas medidas deverão ser tomadas para “desafogar” a Unidade que tem uma “superpopulação” de infratores cumprindo medidas socioeducativas.
O Sinase, por exemplo, está disponibilizando duas unidades de semiliberdade para Paraíba; uma para Campina Grande e outra para João Pessoa, que é uma espécie de “Casa Albergue”.
O adolescente passa o dia fora e se recolhe a noite.
Nessa disposição de melhorar a imagem do Lar do Garoto ou de dar condições de melhor acolher os infratores, recursos federais para a saúde também deverão ser carreados para a cidade de Lagoa Seca, numa espécie de pactuação.
Em Campina Grande o terreno para “Unidade de Semiliberdade” foi doado pela prefeitura e a câmara municipal deve aprovar esta doação já na volta do recesso parlamentar agora em julho.
Durante a visita, os representantes conferiram as reformas no prédio.
Em junho o Lar do Garoto Padre Otávio Santos foi palco de uma rebelião que resultou em sete mortes e fugas.

3 comentários:

  1. ENTÃO QUER DIZER QUE DURANTE O DIA OS BEBEZINHOS INOCENTES FICAM SOLTOS PARA ROUBAR, MATAR, ESTUPRAR,ETC... E À NOITE VÃO DORMIR BEM TRANQUILOS E SEGUROS. E COM A BARRIGA E OS BOLSOS CHEIOS ÀS CUSTAS DOS OTÁRIOS DO POVÃO, ASSIM COMO EU !!! QUE LEGAL ! É BOM SER BANDIDO NESTE LIXO CHAMADO BRASIL, NÃO É MESMO ?????

    ResponderExcluir
  2. Eu amigo, é uma piada isso, pq os membros dos direitos humanos, não passam o dia com eles em casa, assim iriam conhecer bem os anjinhos que estão querendo soltar durante o dia....

    ResponderExcluir
  3. Infelizmente o Brasil é assim, a sociedade sempre é quem fica prejudicada.Por isso é que a bandidagem está tomando conta. As forças policias cada vez mais perdendo a força.

    ResponderExcluir