domingo, 16 de julho de 2017

MECÂNICO É ASSASSINADO NA FRENTE DE CASA; PEDREIRO É BALEADO NA CABEÇA. DESCONHECIDOS ATIRAM EM POLICIAL

O mecânico de bicicletas Edinaldo dos Santos Silva, de 33 anos de idade, foi assassinado por volta das 07h15 deste domingo (16/07) na Rua Canhotinho, no Bairro José Pinheiro, em Campina Grande.
O crime ocorreu quando Edinaldo saiu da casa dele para cuidar dos pássaros.

Ao chegar a calçada ele foi atingido com três tiros na cabeça, todos na altura do ouvido.
A morte foi imediata.
A guarnição da sargento Josilene Lima isolou a área e obteve a informação de que foram ouvidos barulhos de uma moto no momento seguido aos disparos, mas ninguém conseguiu ver nada.
A delegada Tatiana Barros e equipe investigam o crime.
A polícia civil também não obteve informações relevantes que ajudem na elucidação do caso.
Já às 15h00 uma discussão, segundo a PM, terminou com um pedreiro baleado.
A tentativa de homicídio ocorreu nas Malvinas.
Consta que a vítima, de 37 anos de idade,  discutiu com dois homens que chegaram numa moto de cor branca e acabou baleado na cabeça.
Relatório da PM informa que no Hospital de Trauma o pedreiro estava consciente e fora de perigo.
A polícia já dispõe do nome de um dos acusados.
E por volta das 17h30 um policial militar do 10ºBPM foi alvo de dois desconhecidos no Bairro Alto Branco.
Ele estava em um carro na Rua Dr. Vasconcelos e teve o veículo “fechado” por um Celta de cor preta onde estavam dois homens.
Um deles sacou de um revólver e disparou na direção do PM, mas os tiros não o atingiram. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário