terça-feira, 4 de julho de 2017

PROJETO PARA HOMENS COM HISTÓRICO DE AGRESSÕES COMEÇA EM CAMPINA GRANDE

Começou na segunda-feira (03/07), em Campina Grande, o projeto 'Papo de Homem', que visa reduzir e prevenir os índices de reincidência de violência contra a mulher.
O público-alvo são homens que tenham históricos de agressão a mulheres e os encontros acontecem no Juizado de Violência Doméstica e Familiar.

Os integrantes do projeto formam um grupo de reflexão, onde são desenvolvidos trabalhos socioeducativos, tomando como referência a equidade de gênero, a formação de novas masculinidades e desenvolvimento de novas formas de resolver conflitos.
Foram escolhidos alguns temas para ser trabalhados como papéis de Gênero e Masculinidades e Lei Maria da Penha e direitos das mulheres, homens e a expressão das emoções e relações interpessoais.
A Juíza Renata Barros de Assunção Paiva é a responsável pelo desenvolvimento do grupo, ao lado de uma equipe multidisciplinar do juizado, compostas por psicólogas e assistentes sociais.
Segundo informou a psicóloga Clarissa Paranhos Guedes, “as atividades com os grupos acontecem em 10 encontros, com dinâmicas, cine-debates, discussões e vivências, sendo que em cada um será trabalhado um tema específico”.
A partir de hoje, as reuniões serão realizadas quinzenalmente, até a penúltima.
O último encontro não terá temas de debates, a exemplo dos anteriores, vez que será apenas de avaliação e fechamento do projeto, agendado para acontecer em novembro.
A ação visa atender ao que está disposto no artigo 30 da Lei nº 11.340 (Lei Maria da Penha) e no Manual de Rotinas e Estruturação dos Juizados de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, disponibilizado em junho de 2010 pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).
(Por G1 PB/Campina Grande)

Um comentário:

  1. Renato DINIZ
    Faça uma enquete ou pesquisa,ou dados... Etc...
    Cada caso, cada motivo!!!
    Interessa/nos

    ResponderExcluir