sábado, 19 de agosto de 2017

BARRADO E CONSTRANGIDO: POLICIAL MILITAR FARDADO FICA “PRESO” EM PORTA GIRATÓRIA DE BANCO

Você pode até nem conhecer o sargento Ednaldo Farias, mas ele é, a exemplo de centenas de colegas de farda dele, um policial combatente, de bons e ótimos serviços prestados.
Porém, qual é o banco ou banqueiro que quer saber se Ednaldo ou outro PM se mata em defesa do indefeso cidadão em Campina Grande?

Nenhum!!!
Pois bem: mesmo fardado e em serviço, o policial militar e um companheiro foram barrados em uma agência de um banco privado na UEPB, em Bodocongó.
“Naldinho” como é conhecido, ficou “preso” na porta giratória (ou porta de segurança).
O sargento gravou até um vídeo para mostrar sua insatisfação com o que ele classificou de constrangimento, menosprezo e humilhação.
Ele e um companheiro se sentiram ridicularizados.
Foi assim que eu e outro PM nos sentimos quando fomos à agência bancária em Campina Grande, tirar algumas dúvidas, até porque esta agência não tem transações com espécie propriamente dita”, postou o sargento em sua página no facebook.
Preso na “gaiola”, o PM que fardado, não poderia se desfazer de sua pistola, teve que mostrar a identidade funcional.
Feito isto (mostrado o documento, a carteira) ele teve acesso ao atendimento pessoal.
Que os funcionários do banco e a vigilância privada cumpriram “normas” de segurança, a gente sabe.
Que os funcionários e o vigilante também não são obrigados a conhecer todo policial militar, a gente sabe.
O sargento Ednaldo e o companheiro foram apenas ao banco como policiais, mas as portas se “travaram” para eles.
Diante dessa situação, o sargento Ednaldo Farias deixou também, em sua página no facebook, um questionamento que “trava”.
Perguntou ele: “Alguém ali da agência é perito para saber se nossas funcionais são autênticas sem nem tocá-las???”.
Quer dizer: e se fossem bandidos usando fardas? E se as funcionais fossem falsas?
Fica claro que o policial percebeu que os bancos públicos e privados devem rever esta questão de segurança no horário de funcionamento.
Eu dou uma sugestão: Chamem o sargento Ednaldo e mais uma centena de policiais que, com ou sem farda, são funcionais e credenciados para dar algumas dicas importantes que podem evitar desagradáveis surpresas “patrocinadas” pelos assaltantes.

24 comentários:

  1. PARABÉNS À SEGURANÇA DO BANCO. NÃO INTERESSA SE É PM, SE É FEDERAL OU QUALQUER OUTRA ATIVIDADE. MUITO MENOS SE É SARGENTO, SOLDADO OU GENERAL. NADA TEM A VER SE É O NALDINHO OU NALDÃO. NÃO PODE E PRONTO. ASSUNTO ENCERRADO. NESTE CASO, DE ACORDO COM AS FOTOS, TRATA-SE DO BANCO DO BRASIL S/A. E DOU OS PARABÉNS À CAIXA FEDERAL, QUE POR SER O ÚNICO BANCO FEDERAL DO BRASIL(OS OUTROS SÃO S/A)MANTÉM UM COFRE NA ENTRADA. O POLICIAL FEDERAL OU OUTRO QUALQUER, GUARDA A SUA ARMA E LEVA A CHAVE. NA SAÍDA A RECOLHE, E PRONTO. SIMPLES ASSIM !!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mewton se tu leu a reportagem vai saber que o banco do Brasil não é privado (ma agência de um banco privado na UEPB, em Bodocongó.)aprenda a ler .

      Excluir
    2. Parabéns pelo comentário . Newton

      Excluir
  2. Newton você é apenas mais um idiota desinformado, na atual conjuntura da insegurança que vivem os policiais imagine que ao entrar no banco desarmado o policial se depare com um meliante e aí ele fardado desarmado, nesse momento ele assina sua sentença de morte, você é apenas mais um idiota desinformado que só sabe criticar, vamos ver se na hora que você precisar, você chama o superman. Se não sabe o que é segurança é melhor ficar calado, seu besta.

    ResponderExcluir
  3. Newton você é apenas mais um idiota desinformado, na atual conjuntura da insegurança que vivem os policiais imagine que ao entrar no banco desarmado o policial se depare com um meliante e aí ele fardado desarmado, nesse momento ele assina sua sentença de morte, você é apenas mais um idiota desinformado que só sabe criticar, vamos ver se na hora que você precisar, você chama o superman. Se não sabe o que é segurança é melhor ficar calado, seu besta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo sua colocação, Mas tinha necessidade desse escândalo feito por ele?
      Na atual conjuntura da insegurança da população se os seguranças dos bancos não barrarem todos, qualquer meliante pode acessar as dependências e será uma sentença de morte para muitos cidadãos. Inclusive poderia ser um meliante fardado e não um josivaldo qualquer.

      Excluir
  4. Quantos de nós não policias somos barrados e nos sentimos chateados e humilhados nessas portas giratórias e nem por isso fazemos esse 'piti' Que esse militar fez. Isso só prova o quanto eles se acham só por ser militar e está fardado. Militar sendo militar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lucas,um exemplo claro se coloca um ladrão no meio de 100 cidadoes de bem,vc sabe quem é o ladrão,vai ter na testa dele bandido,seria muito bom se tivesse.
      Mais se coloca um policial fardado no meio de 100 cidadoes,você saberia entre esses 100 quem é o policial com certeza que sim.
      Essa questão de entra pode muito bem bandidos está com qualquer farda de segurança de policial ou alguma identidade falsa.
      ""Digo alguém e perito pra dizer que a identidade de qualquer um desses e falsa? Não! Pois é muito complicado.
      E mais o policial dentro de um banco fardado e sem a arma e se por acaso tivesse um assalto com certeza ele iria se morto mais fácil do que ele armado.nada iria garantir que os caras não iria atirar​ nele só porque ele estaria desarmando.
      E se os papéis se inverter-se o policial jamais sabendo que o cara é bandido com vários homicídios jamais ele atiraria.
      Então, muita das mortes que acontece não é tiro de Policial não,ele só puxa a arma pra atirar em último caso é por pensar demais em puxar por várias retaliações acaba morrendo sem ter puxado a arma pra se defender; e defender também muitas pessoas que nem ele conhece e não o valorizar como ser humano e profissional que é.(tem muitos valores invertidos na sociedade)...

      Excluir
    2. Entendo Lucivando, mas continuo afirmando que foi desnecessário o piti do sargento.

      Excluir
  5. O que me chamou a atenção neste caso é que existem falhas brutais de segurança nos bancos na hora de funcionamento. Vejam que de acordo com o PM, se a farda não dava a garatia de ele ser policial, o documento com foto, também não garantia. Acho que o questionamento é válido, ou melhor: todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente Renato e claro que os policiais sabem dessas falhas e eles devem saberem que os colegas, segurancas, estavam lá em serviço. Portanto não tinha necessidade desse show em redes sociais. Imagina se todos nós quando barrados fizessem um piti? Os policiais erraram na conduda no momento de acessar a agência, pois bastava eles se identificarem antes e seriam liberados.

      Excluir
  6. Niguem tá acima da lei acho que o policial militar tá se achando que é a lei em farda.

    ResponderExcluir
  7. na verdade se os policiais fossem bandidos teriam entrado naquela merda e teria botado o fuzil no rabo todo mundo e todo teria ficado calado e acabou

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eles só entram de fuzil e botando no 'rabo' de todo mundo quando entram nas periferias ameaçando a todos.

      Excluir
  8. E esses dois babacas que estão aí falando mal da polícia sai de trás do celular e vai dizer isso na cara do sargento seus otários

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falei mal do comportamento desse sargento que infelizmente não soube se comportar como um cidadão. Em poucas palavras tu se comportou como um babaca otário. Se acalme moço ou também vai fazer piti nas redes sociais?

      Excluir
  9. A Polícia de campina é preguiçosa e se acha a dona do mundo. São regras da empresa, ou não vá pro Banco...

    ResponderExcluir
  10. eu concordo com algumas coisas mais,mais a minha opinião é o segurança fez a sua parte correta.no tempo que estamos hoje ninguém sabe quem é quem os bandidos pode muito bem vir disfaçado de policial com carteira falsa. parabéns pra eles não vou julgar todos os policias mas tem alguns que se acha o tal que pode fazer qualquer coisa. eles deve respeitar os outros que faz o mesmo trabalho dele que é a segurança.

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. policial,se vai ao banco tem que ir sem farda e desarmado,o banco esta correto,nao adianta ficar choramingando....normas são normas nao quer obdecer fica em casa

    ResponderExcluir