segunda-feira, 14 de agosto de 2017

EM LAGOA SECA: UM MORTO E UM FERIDO; PM LOCALIZA DOIS HOMENS QUE PODEM ESCLARECER O CASO

Às 19h00 deste domingo (13/08) a polícia registrou no Sítio “Amaragi”, em Lagoa Seca, um crime que resultou numa pessoa morta e outra ferida.
Tudo ocorreu nas imediações de um bar.

A vítima fatal foi Igor Henrique Barbosa Araújo, de 21 anos de idade.
Ele foi assassinado com três tiros nas costas.
O ferido trata-se de Erick Victor Araújo, de 22.
Ele foi atingido com tiros no ombro e pescoço.
A delegada Tatiana Barros e equipe estiveram no local do crime e não obtiveram muitas informações contundentes.
(Igor: vítima fatal)
Ao lado do corpo de Igor, que era ex-presidiário, foi encontrado um veículo HB20 com restrições de roubo, no entanto Erick Victor informou que ele e Igor estavam numa moto.
O caso vai ser investigado pelo delegado Cícero Pereira.
E nesta segunda-feira (14), por volta das 14h00 a guarnição dos cabos Rocha, Queiroz, soldados Padilha e Robson, localizaram dois homens que podem esclarecer o caso.
Na verdade eles procuraram a PM com intenção de se apresentar e foram levados à delegacia de Lagoa Seca, mas acabaram sendo liberados para prestar depoimento nesta terça (15).
O homem identificado como Emanoel Felipe Barbosa Silva, de 24 anos, “niel”, contou aos policiais que foi vítima de tentativa de homicídio e para tanto acusou Igor e Erick.
Ele alegou que havia uma “antiga rivalidade”.
Na noite do domingo ao avistar Igor e Erick numa festa de aniversário no sítio “Amaragi”, pegou sua moto para ir embora e assim evitar qualquer atrito.
De acordo com relato do “niel”, ao sair da festa, teria sido perseguido por Igor e Erick num HB20 de cor preta.
Disse ainda que o condutor do carro colidiu na moto onde ele estava na companhia do amigo identificado como Jeferson.
“Niel” contou que Erick e Igor desceram do carro e começaram a atirar.
Na versão dele, houve luta corporal e acredita que pessoas que estavam com Erick e Igor realizaram os disparos.
Estas pessoas, segundo “niel”, estavam no carro e portavam armas.
A polícia militar informou que a versão de “niel” foi confirmada por frequentadores da festa.
“Niel” apresentava um tiro de raspão e Jeferson se encontrava com a perna machucada.
(Fonte: PM e PC)

Nenhum comentário:

Postar um comentário