quinta-feira, 10 de agosto de 2017

PC CUMPRE PREVENTIVAS CONTRA DOIS ACUSADOS DE HOMICÍDIOS EM CAMPINA

A polícia civil em Campina Grande esclareceu mais dois homicídios ocorridos na cidade.
Os crimes aconteceram em agosto do ano passado e abril deste ano.
Os acusados já estavam presos em decorrência de outros delitos.

Contra eles foram cumpridos Mandados de Prisão Preventiva.
Um dos presos é Rodolfo de Oliveira Silva, de 20 anos.
(Rodolfo: acusado)
Ele é acusado de assassinar com um tiro de espingarda “12” o caminhoneiro e mototaxista Francisco Leles Ferreira, de 38 anos.
O corpo de “lelinho” foi encontrado na manhã de 21 de abril em um matagal nas imediações do Hospital da FAP e Bairro Araxá.
O tiro foi nas costas.
O crime ocorreu na noite anterior.
A delegada Tatiana Barros declarou em entrevista que Rodolfo matou “lelinho” por causa de ciúme.
Francisco Leles também trabalhava como mototaxista e era conhecido da companheira do Rodolfo, inclusive fazia corridas com Rodolfo normalmente, porém este começou a nutris desconfiança da vítima, sem motivo aparente”.
Tatiana informou ainda que no dia do crime o próprio Rodolfo solicitou uma corrida e depois cometeu o assassinato.
(Leles: vítima)
Ela afirmou também que o acusado, quando ouvido, preferiu silenciar sobre o caso.
Já a equipe do delegado Antônio Lopes cumpriu um Mandado de Prisão contra Daniel José Dias Ramalho, que também já se encontrava preso por causa de outro delito.
Daniel é acusado da morte de Rildo Rodrigues de Araújo.
As informações são de que havia animosidades entre a vítima e o acusado.

O crime ocorreu por volta das 18h00 do dia 08 de agosto do ano passado, próximo a uma subestação da CHESF, no Velame. “Boquinha”, como ele era conhecido, foi morto com cinco tiros de revólver.

Nenhum comentário:

Postar um comentário