terça-feira, 8 de agosto de 2017

SUSPEITOS DE ARROMBAR LOJA "O BOTICÁRIO" SÃO PRESOS E UM FOGE APÓS AUDIÊNCIA DE CUSTÓDIA

A polícia militar e a CPTran prenderam no domingo (06/08) em Campina Grande um grupo suspeito de arrombar a loja do boticário em Areia, no Brejo.
Os produtos foram encontrados dentro de um Fiat Uno e numa residência nas Malvinas, mais outra grande quantidade de perfumes.

Inicialmente um policial percebeu uma movimentação “suspeita” na casa.
Quando policiais em apoio seguiram o carro que saiu do local e realizaram a abordagem, encontraram os perfumes.
Outro grupo de policiais seguiu um casal numa moto que também havia deixado a residência.
Para não ser preso o condutor da moto empurrou uma jovem da moto e ela caiu.
Os policiais a socorreram.
Ela afirmou que estava com dois meses de gravidez e foi solicitado SAMU que realizou procedimentos.
O marido dela foi detido e autorizou uma revista na residência.
Ele “não soube informar a procedência dos produtos”.
Foram encontrados sete caixas de sabonetes, 24 desodorantes, 80 frascos de perfumes, 18 hidratantes, 567 películas para celulares, quatro alicates, uma maleta com 08 óculos de sol, 28 peças de roupas com etiquetas, entre outros.
Foram presos quatro adultos e uma adolescente de 17 anos foi apreendida.
Os presos são José Anderson Nunes da Silva, Andrezza Sonaly, Jamile da Silva e Josimar de Oliveira.
Um dos presos, José Anderson, de 25 anos, acabou fugindo após audiência de Custódia no Fórum Affonso Campos na tarde da segunda-feira (07).
A 10ªDSPC instaurou procedimentos para apuarar o caso.
EM MASSARANDUBA
Às 14h50 policiais prenderam dois moradores de Lagoa Seca que estavam portando dois revólveres calibres “38”.
Os foram presos no sítio “São Miguel”, em Massaranduba.
Além das armas, os PMs apreenderam no veiculo Golf de cor prata que eles estavam um potente equipamento de som completo e uma pequena quantia.
Segundo informações obtidas pela PM, eles estavam atirando “em tudo quanto é lugar”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário