sábado, 23 de setembro de 2017

CARIRI FM: “101.1 FM” VAI FAZER JORNALISMO INDEPENDENTE, SEM TENDÊNCIAS, ÉTICO E DE QUALIDADE, GARANTE DIREÇÃO

Jornalismo independente, ético, sem tendências partidárias, música de qualidade e departamento de esportes fortalecido.
Uma programação de utilidade pública.
É praticamente isto que pretende o empresário Arthur Almeida com seu novo empreendimento: a Rádio 101.1 FM, em Campina Grande.

A antiga Rádio Cariri, a primeira AM que migrou para “Frequência Modulada” na cidade, foi arrendada pelo bem sucedido empresário do ramo de confecções da Paraíba.
Artur Almeida, conhecido popularmente como “Bolinha”, conversou com o www.renatodiniz.com.
Na verdade ele foi indagado sobre como será a 101.1 FM que em outubro pretende inovar o rádio campinense.
Nós procuraremos de ter um perfil extremamente equilibrado dentro da programação”, enfatizou.
Do ponto de vista musical, com certeza, adotaremos música de qualidade, priorizaremos uma música de qualidade. Teremos muita MPB, rock-pop nacional e internacional das décadas de 1980, 1990, 2000... Músicas recentes, mas de qualidade”, reforça o empresário.
JORNALISMO IMPARCIAL
O nosso jornalismo vai ter como linha central uma independência efetiva. Os profissionais terão total liberdade para fazer o jornalismo imparcial e de qualidade. O foco será o cenário tratado com fidelidade. A informação tem que ser equilibrada, como tem que ser: com fidelidade, sem tendências”.
DISCUTIR CAMPINA GRANDE, A REGIÃO E O ESTADO
A programação com certeza vai servir para a gente discutir nossa cidade, nossa região, nosso estado e o país. Discutir de forma inteligente os problemas. Os ouvintes serão ouvidos, eles terão espaço para reivindicar, questionar e nós contribuiremos para construir as soluções”.
ESPORTES
Nossa equipe de esportes será forte. Vai fazer um grande trabalho. Teremos muito carinho com o futebol de nossa cidade”.

3 comentários:

  1. Tomara que toque boa música! A sorte de quem mora em Campina são os aplicativos de telefone celular que nos permite ouvir rádio de qualquer lugar, senão estaríamos fadados a ter que ouvir essas rádios daqui com suas programações popularescas e de gosto duvidoso.

    ResponderExcluir
  2. Jornalismo imparcial?! Só se a nova direção contratar GENTE NOVA e claramente capacitada para de fato, fazer um jornalismo imparcial.É o que os ouvintes aguardam. BOA SORTE a essa nova administração. "O tempo é o senhor da razão." Veremos.

    ResponderExcluir