quarta-feira, 20 de setembro de 2017

CONCURSO PÚBLICO: ASSEMBLEIA APROVA PROJETO DE LEI CRIANDO 300 CARGOS NA FUNDAC

A Assembleia Legislativa do Estado da Paraíba aprovou em sessão nesta quarta-feira (20) um Projeto de Lei criando os cargos para possibilitar a realização de Concurso Público que pretende contratar 300 agentes socioeducativos na Fundação Desenvolvimento da Criança e do Adolescente “Alice de Almeida” (Fundac).

O projeto de autoria do governador Ricardo Coutinho cria no quadro permanente de pessoal da Fundac 300 cargos de agentes socioeducativos e 32 funções de confiança de Supervisor de Unidade de Internação Socioeducativas.
De acordo com o texto do Projeto de Lei, o agente socioeducativo terá jornada de 40 horas semanais, podendo ser submetido ao regime de plantão. O ingresso no cargo deverá ser feito através de concurso público e o requisito de escolaridade é o Ensino Médio ou curso técnico equivalente.
(Do Click PB)

6 comentários:

  1. Ou ruim desses concursos...é que já tem as vagas garantidas dos (PEIXES)

    ResponderExcluir
  2. Isso é desculpas de quem não estuda kkkkk

    ResponderExcluir
  3. O ruim é passar e não ser chamado como acontece em muitos concursos, deixam que se vença o prazo é a prorrogação do prazo e depois temos que ficar apelando pra justiça que pra brigar com o estado fica muito difícil

    ResponderExcluir
  4. Foda e5 aqui em Pernambuco se exigir nível superior pra ficar fingindo q se toma conta de bandido,ganhando merreca e arriscando suas vidas e as vidas de seus familiares, amigos, vcs q falaram 5 anos ou até mas em uma faculdade e gastaram tanto, valorizem esses cursos e façam concursos pra uma área adm ou então pra no mínimo uma PRF ou DPF

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nível superior pra ser ASP? Absurdo! Isso em Pernambuco, e o salário uma merreca,valorizem suas formações, a caixa econômica Federal mesmo está com concurso pra nível médio com salário de 3,622,40 pra tec bancário trabalhando apenas 6 hora por dia de seg a sexta e o melhor vc vai ser funcionário público federal,kkkkkkk.

      Excluir