quarta-feira, 13 de setembro de 2017

EX-PRESIDIÁRIO CONFESSA QUE MATOU COLEGA DE BEBEDEIRA COM GOLPES DE TAMBORETE

A polícia civil confirmou que um ex-presidiário matou um colega durante um desentendimento quando ingeriam cachaça.

Maílton Nascimento Oliveira, “macaíba”, de 40 anos, evangélico, pai de três filhos, casado, assumiu que assassinou com golpes de tamborete José Anselmo Domingos da Silva, de 33 anos.
O homicídio ocorreu por volta das 13h00 do último dia 10 dentro da própria casa do acusado na Rua Manoel Cabral, no Centro de Esperança, mas o caso só chegou ao conhecimento da polícia no dia seguinte.
Após cometer o assassinato o acusado foi beber num trailer e só retornou a cena do crime às 17h00 do dia 11.
Inicialmente Maílton negou o crime, mas durante o interrogatório ao delegado Jorge Luiz e equipe, ele "abriu o jogo".
"Macaíba" afirmou que convidou a vítima para beber.
Houve desentendimentos e Maílton armado com um tamborete golpeou por dezenas de vezes a cabeça de Anselmo.
O preso disse que é usuário de droga e morava sozinho, pois a própria família já não sabia mais o que fazer com ele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário