quinta-feira, 7 de setembro de 2017

LATROCÍNIO EM CAMPINA: MOTOTAXISTA BALEADO DURANTE ASSALTO MORRE NO HOSPITAL DE TRAUMA

(Atualizado)
O mototaxista Flávio Azevedo da Silva, de 40 anos de idade, conhecido como "jai", morreu nesta terça-feira (04/09) no Hospital de Trauma em Campina Grande onde estava internado desde a noite de 22 de agosto após ser baleado durante um assalto.
Dois ladrões cometeram o crime.

O CRIME
De acordo com um irmão, Flávio estava acompanhado da mulher e entrou em luta corporal com um dos ladrões.
O "pareceiro" do bandido, de posse de uma arma, acabou atirando. 
O assalto ocorreu na Rua Antonieta Soares de Sousa, Bairro Ressurreição, em Campina Grande.
A dupla na moto chegou, anunciou o roubo, porém testemunhas dizem que Flávio reagiu.
Foram levados uma carteira de cédulas e dinheiro.
O registro do caso no CIOP aconteceu às 21h00.
Os disparos atingiram o tórax e o braço.

5 comentários:

  1. Bando de bandidos covarde.tem que pôr esses malditos na cadeia e que aprodesa lá.. essa raça maldita.

    ResponderExcluir
  2. Tem que matar, cadeia já provou que não dar jeito.

    ResponderExcluir
  3. Lei do "armamento"pro cidadão de bem "capacitado" psicologicamente já, esse artigo na constituição tem que vigorar já, e esse antigo que fiquem com os políticos estes ladrões safados!

    ResponderExcluir