sábado, 30 de setembro de 2017

DOIS ASSASSINATOS NA NOITE DA SEXTA-FEIRA EM CAMPINA; PC JÁ IDENTIFICOU ACUSADOS

(Atualizado)
*No Pedregal irmã é suspeita mandar matar o irmão;
*No José Pinheiro acusado já foi amigo da vítima.
A sexta-feira (29/09) foi violenta em Campina Grande com o registro de quatro homicídios.
Logo cedo, às 05h00, uma morte no Conjunto Mariz e outro assassinato na Prata, com a vítima vindo a morrer no Trauma.
Na noite mais dois assassinatos nos Bairros José Pinheiro e Pedregal.

(Paulo Ricardo)
No José Pinheiro o crime ocorreu às 19h30 na Rua Maximiano Machado.
Paulo Ricardo de Melo Barbosa, 25 anos, jogava dominó quando, de acordo com informações obtidas pela PM, o assassino chegou e efetuou disparos na nuca do rapaz.
foram quatro tiros.
O delegado Francisco Assis Siva, em contato nesta manhã com o www.renatodiniz.com afirmou que o suspeito foi identificado.
"Ele já foi muito amigo da vítima, porém a amizade foi se desfazendo aos poucos. O acusado é filho de um policial".
O homicídio foi presenciado por várias testemunhas.
(Ednaldo Pinheiro)
Já na Rua São Sebastião, no Bairro Pedregal, por volta das 22h10, a tranquilidade foi quebrada com a morte do marceneiro Ednaldo Pinheiro da Silva, de 42 anos de idade.
Ele morava na Rua São Geraldo.
Ednaldo foi assassinado a tiros e foi constatado ainda que pedradas na face e tórax dele.
O delegado Francisco Assis afirmou também que uma irmã é a principal suspeita de ter mandado matar Ednaldo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário