terça-feira, 3 de outubro de 2017

CRIME DO CASAL EM BAR: PC PRENDE ACUSADO DE SER O EXECUTOR


(Atualizado)
Às 15h00 desta terça-feira (03/10) a Delegacia de Homicídios de Campina Grande forneceu todas informações sobre a morte do casal Paulo Renato e Isabelle Alves ocorrida na noite de 10 de setembro em um bar no Conjunto Severino Cabral/Bodocongó.

O acusado de executar foi preso na manhã desta terça em cumprimento a um Mandado de Prisão Preventiva.
Trata-se de Felipe Ryann de Farias, de 22 anos de idade.
O outro envolvido, que conduzia a moto, foi identificado como Lummark Mathias, de 23.
O www.renatodiniz.com entrou em contato com a delegada Tatiana Barros e ela informou que Felipe assumiu o crime.
"A motivação apresentada pelo Felipe é de que há dois meses em um bar Paulo Renato teria se insinuado para a mulher dele e Felipe foi tomar satisfações. Renato o teria ameaçado, então na noite do dia 10 ocorreu o crime", disse a delegada.
"Essa é a alegação dele, mas estamos profundamente envolvidos com outra motivação que tem a ver com tráfico de drogas. Essa vertente não descartamos", completou.
Indagada se Isabelle também era o alvo, Tatiana acrescentou que Felipe afirmou que não.
"Felipe disse que desceu da moto do Lummark na esquina e seguiu até o bar. No estabelecimento ele pediu que as pessoas se afastassem e apontou a arma. No que apontou a arma o Paulo Renato estava de costas e Isabelle estava de frente. Ela ao ver a arma começou a gritar. Começaram os disparos e o primeiro foi justamente no pescoço dela".
COMO A POLÍCIA CHEGOU AOS ACUSADOS?
"Nossa equipe chegou aos dois através de denúncias. Começamos a procurá-los na área, mas eles havia foragido (notadamente após a divulgação das imagens). Testemunhas também disseram que de fato os dois estiveram antes no bar. Quando ouvimos Felipe e mostramos provas, ele acabou por confessar".  
O CASO
Um casal de namorados foi assassinado em bar da Rua Isolda Barros Torquato, no Conjunto Severino Cabral, no Bairro Bodocongó.
Segundo frequentadores, o duplo homicídio aconteceu por volta das 20h00 deste domingo (10/09).
As vítimas foram Paulo Renato de Oliveira da Silva, de 27 anos, que morava nas Malvinas, e Isabelle Alves Messias Silva, de 21, que morava no Bairro Santa Rosa.
Paulo Renato foi assassinado com disparos na cabeça e outro no tórax.
Já Isabelly, que tinha um filho de três anos, foi morta com um disparo no pescoço.
As investigações ficaram sob a responsabilidade da delegada Tatiana Barros e equipe.
O casal se conhecia havia pouco tempo.

7 comentários:

  1. SIM E O NOME DO ACUSADO??? NOTICIA INCOMPLETA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse não leu a matéria.

      Excluir
    2. Se vc lê com atenção verá que a apresentação do executor Será as 15:00

      Excluir
    3. Se vc lê com atenção verá que a apresentação do executor Será as 15:00

      Excluir
  2. Esse ai e jumento
    Fala sem presta atenção na matéria

    ResponderExcluir
  3. Parabéns a equipe da polícia civil!!

    ResponderExcluir