sábado, 7 de outubro de 2017

PRESIDENTE DO STF DESCARTA RISCO DE INTERVENÇÃO MILITAR

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, descartou a possibilidade de uma intervenção militar, caso o judiciário não consiga lidar com as seguidas denúncias de corrupção no Executivo como sugerido pelo general Antonio Hamilton Mourão, em setembro.

Segundo ela, apesar da declaração ser considerada "grave”, o Judiciário brasileiro "cumprindo seu papel" e que "não há justiça sem democracia, e o brasileiro não aguenta mais ser injustiçado".
(Brasil 247)

4 comentários:

  1. Opinião única e exclusiva dela..

    Vai achando que ficarás mamando e brincando justiceira por muito tempo. Sabe de nada, inocente!

    ResponderExcluir
  2. O ULTIMATO DO GENERAL MOURÃO JÁ FOI DADO,E OS BANDIDOS JÁ COMEÇARAM A FICAR COM MEDO...KKKKKKKKKKK

    INTERVENÇÃO MILITAR JÁ!!!

    FAZ UM BOM TEMPO QUE VENHO FALANDO SOBRE INTERVENÇÃO,MAS MUITA GENTE DUVIDOU,MAIS PRA FRENTE VEREMOS O QUE DE FATO IRÁ ACONTECER,DEUS PERMITA QUE TENHA UMA INTERVENÇÃO E NOS LIVRE DESSES BANDIDOS QUE SAQUEIAM A NAÇÃO TODOS OS DIAS...

    ResponderExcluir
  3. COITADA!!!

    ''DESCARTOU A POSSIBILIDADE DE UMA INTERVENÇÃO MILITAR''

    COMO SE ELA FOSSE IMPEDIR DE ALGUMA FORMA....

    É SÓ OS GENERAIS RESOLVEREM INTERVIR E PRONTO!!!

    ResponderExcluir
  4. Acho pouco provável haver intervenção militar porque as circunstâncias hoje são outras. E nem tão pouco vão mexer
    com o STF. Se o general Castelo Branco em 65 não fez nada (ao contrário, para não se indispor com o STF aumentou o número de ministros para 16 com o AI2), por que hoje fariam ?

    Vocês que desejam intervenção acham que o exército pode devolver
    a paz e a segurança às ruas! Se pudessem já teriam feito. É deles a responsabilidade de monitoramento de nossas fronteiras,
    mas não conseguem impedir a entrada de armas e drogas que tiram
    mais 60.000 vidas anualmente no Brasil.

    Eu não sou contra a intervenção não. Eu cresci na época de paz
    em que os militares governavam, na´época em que podíamos andar
    despreocupados à noite pelos caminhos da Paraíba sem sermos incomodados. Só acho que aquela paz de outrora não voltaria com
    intervenção não. Quando os militares saíssem de cena as confusões voltariam! Eis a Rocinha de exemplo!

    ResponderExcluir