sexta-feira, 17 de novembro de 2017

EM CAMPINA: MORTES EM BODOCONGÓ E JARDIM QUARENTA

Foram registrados dois homicídios em Campina Grande nesta quinta-feira (16/11).
Os crimes ocorreram nos Bairro Jardim Quarenta e Bodocongó.

Às 14h00 o vendedor de picolé Yuri Batista de Sousa, de 21 anos de idade, foi morto na Rua Juscelino Kubitschek, no Jardim Quarenta com cinco tiros de pistola.
Ele caminhava transportando uma caixa de isopor com os picolés quando recebeu o primeiro disparo por trás, na cabeça.
Em seguida o assassino efetuou mais quatro disparos também na cabeça.
O rapaz já havia sido preso por tráfico e recentemente fiou alvo de uma tentativa de morte.
A polícia não obteve mais detalhes do caso.
Já às 20h00, na Rua Maria Barbosa de Albuquerque, por trás da igreja católica de Bodocongó, foi assassinado Franklin Emanoel Costa Amorim, de 19 anos.
Ele morava nas Malvinas.
Segundo o relatório da polícia militar, Franklin foi morto com tiros no rosto, peito e nádegas.
Consta que ele estava numa moto quando desconhecidos chegaram num Celta de cor prata e abriram fogo.
O SAMU ainda foi acionado, porém a vítima não apresentava reação.
Um homem de 35 anos, identificado como José Lúcio, acabou sendo atingido no ombro.
Ele, de acordo com a PM, passava no local e foi vítima de bala perdida.
O disparo atingiu o ombro. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário