sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

TERROR E COVARDIA: QUADRILHA ATACA VAN COM CRIANÇAS DOENTES EM CAMPINA GRANDE

Bandidos em um HB20 de cor branca atacaram na madrugada desta sexta-feira (12/01), em Campina Grande, uma Van que transportava crianças doentes.
Inclusive bebês gêmeos com cinco meses de idade.

Os passageiros voltavam de tratamento hospitalar em João Pessoa com destino a Tavares, no Sertão.

Pelo menos, de acordo com a PM, aproximadamente 15 pessoas foram vítimas, a maioria crianças.
O crime ocorreu na Alça Sudoeste, por volta das 03h00.
Foi uma ação brutal, covarde e sem motivos.
Assim que viram o veículo, cinco ladrões foram logo abrindo fogo.
A van, que é blindada, ficou com várias marcas de balas.
Um dos pneus furou com disparos.
O motorista teve que parar.
Ladrões entraram no carro e não se importaram com as crianças.
Tanto elas, como os pais ou responsáveis foram ameaçados de morte.
Um assaltante ainda efetuou um disparo no interior do utilitário, mas a arma pinou ou faltou bala.

O motorista foi retirado do veículo, levado para o meio da rodovia e agredido a coronhadas.
Os assaltantes roubaram praticamente tudo: bolsas, 15 celulares, alguma joias, dinheiro e até mamadeiras das crianças.
Os assaltantes confundiram a Van com um transporte de sacoleiros.
Uma mulher que vinha conduzindo um Fiat Doblò logo atrás pensou que se tratava de um acidente, foi abordada teve o carro roubado (placa OCG 1260).
O H20 (placa QMX 8233) usado pelos ladrões foi tomado por assalto de um campinense que mora há bastante tempo no Rio de Janeiro.
O carro pertence a uma locadora.
SEGUNDO CASO EM MENOS DE UMA SEMANA
Na madrugada da segunda-feira (08), por volta das 02h30, ladrões em um Fiat de cor azul e uma motocicleta de cor prata já havia interceptado uma Van.
O crime ocorreu na Alça Sudoeste.
As vítimas seguiam de Manaíra, no Sertão, com destino a João Pessoa.
Os assaltantes roubaram cerca de “3.000,00 reais” e objetos pessoais.

Um comentário: