sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

ACUSADO DE ASSALTAR SORVETERIA É PRESO E COMPARSA DELE TRABALHAVA NO TRAUMA

Uma investigação do delegado Durval Barros culminou com a prisão de um acusado de assaltar uma sorveteria em Campina Grande no carnaval.
O delegado identificou ainda os dois comparsas do acusado.
Imagens de uma câmera de monitoramento mostraram nitidamente um carro de cor branca chegando ao estabelecimento, dois assaltantes descendo e um ficando no veículo.
Tudo foi muito rápido, mas tempo suficiente até para os ladrões levarem uma gaveta com dinheiro, celulares e outros pertences.
Laelcio Rodrigues de Souza foi preso em Pocinhos, onde ele e os outros moram.
Ele, inclusive, era albergado da Cadeia Pública da cidade e não teve como negar o crime.
O delegado, que já trabalhou na cidade, contou com algumas informações e conseguiu não só prender o acusado, como ainda identificar os dois comparsas que também moram em Pocinhos.
Um deles, inclusive, era funcionário do Hospital de Trauma até a quarta-feira (21/02), mas após o envolvimento dele no assalto a direção do Hospital de pronto o desligou do quadro de servidores.
A demissão foi confirmada pela Chefe de Recursos Humanos do Trauma.
Ele trabalhava no setor de almoxarifado.
O carro, disse o delegado, pertence a esse ex-funcionário e era ele que o dirigia no dia do roubo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário