quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

ESTE ANO: PC JÁ PRENDEU 31 ENVOLVIDOS COM HOMICÍDIOS EM CAMPINA; NESTA TERÇA FORAM PRESOS MAIS CINCO ACUSADOS

Policiais da Delegacia de Homicídios em Campina Grande já prenderam este ano 31 pessoas envolvidas em homicídios na cidade.
Nos últimos sete dias 16 acusados ou suspeitos foram presos em cumprimentos a Mandados Preventivos ou Temporários.
As últimas cinco prisões ocorreram nesta terça-feira (20/02).
Gustavo Guimarães, Matheus Bezerra, Marcos Bezerra e Luan da Silva são acusados da morte de Cézar Henriques da Silva ocorrida na madrugada do dia 10 de agosto de 2015 em um terreno baldio próximo ao ginásio de esportes “O Meninão”, no Dinamérica.
De acordo com a PC, “a vítima trabalhava numa empresa e foi atraído com um telefonema para o local da execução onde já era esperado pelos assassinos. Lá foi executado a golpes de arma branca, pedradas e pauladas”.
A polícia informa ainda que “os envolvidos já se encontram recolhidos no Presídio Padrão por outras práticas criminosas”.
Pela morte de David Júnior Pereira da Silva, o “dedei”, foi cumprido um Mandado de Prisão Preventiva contra Jonatha Manuel.
Ele confessou o homicídio e disse que se sentia ameaçado pela vítima.
O CRIME
Por volta das 14h50 do dia 15 de março do ano passado David Júnior, de 19 anos de idade, que morava no Bairro Glória, foi encontrado morto num matagal às margens da PB 095, no Bairro Jardim Europa, na saída da cidade para Massaranduba.
Ele foi assassinado com um disparo na nuca e outro nas costas.
No dia anterior David saiu na companhia de “um amigo”.
(Redação dom DH)

Nenhum comentário:

Postar um comentário