quarta-feira, 18 de abril de 2018

PF PRENDE DOIS COM ARMA ROUBADA DE POLICIAL E DESMANTELA QUADRILHA

Uma ação da polícia federal com apoio de policiais militares prendeu duas pessoas acusadas de receptação, formação de quadrilha e posse de arma de uso restrito.

Com eles a polícia apreendeu a pistola de um perito da polícia federal que foi tomada durante um assalto no final de março entre Boqueirão e Queimadas.
As prisões ocorreram nos Bairros Santo Antônio e José Pinheiro, em Campina Grande.
Adriano Ferreira confessou que participou do assalto ao policial, mas a arma estava em poder de Janailson Santiago.
A polícia federal está a procura de mais três envolvidos que já têm Mandados expedidos pela justiça.
São eles: José Jéferson, Leandro Farias e Álisson Lopes.
ENTENDA O CASO
Um perito da polícia federal teve sua picape Ranger de cor prata tomada por assalto no dia 29 de março por ladrões que estavam numa picape Hilux de cor preta.
O crime ocorreu na rodovia estadual entre Boqueirão e Queimadas.
No momento crime, se acordo com a PM, o PF estava com a família no veículo.
Dentro do carro do perito havia uma pistola Glock.
Os bandidos fugiram com a Ranger para Queimadas e abandonaram a Hilux no local (este veículo tinha sido roubado minutos antes no sítio “Zacarias”, em Boqueirão, por três ladrões com revólveres. Um deles portava uma foice).
E ainda à tarde a picape Ranger foi localizada por policiais do 10ºBPM no Jardim Menezes, em Campina Grande.
O veículo estava sem três pneus.
O Serviço de Inteligência do Batalhão entrou no “circuito” e localizou uma casa no Conjunto Castelo Branco.
Com o apoio da Força Tática prendeu duas mulheres, um homem e encontrou os documentos das vítimas.
Todos os presos de Boqueirão, porém a arma não foi encontrada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário