sexta-feira, 1 de junho de 2018

DOIS ASSASSINATOS EM CAMPINA: UM NO JOSÉ PINHEIRO E OUTRO NO CATOLÉ

*Uma das vítimas era ex-agente do Lar do Garoto
Foram registrados mais dois homicídios em Campina Grande num intervalo de seis horas.

O primeiro caso ocorreu por volta das 21h00 da quinta (31/05) na Avenida Ministro José Américo de Almeida, no Bairro José Pinheiro.
A vítima foi Antônio Graciano de Oliveira, “tota”, de 55 anos de idade.
Ele era pedreiro, segundo informações obtidas no local.
“Tota” foi assassinado com cinco tiros.
Ele já havia cumprido pena por homicídios no Serrotão e no Carandiru/São Paulo.
A polícia investiga o crime tem relação com o passado de "tota".
Já na madrugada desta sexta (1º/06), por volta das 02h00, na Avenida Vigário Calixto, no Catolé, na calçada de um bar, foi assassinado Flávio Silveira Veloso, de 40 anos.
Ele já trabalhou como agente socioeducativo do Lar do Garoto, em Lagoa Seca.
No local a polícia não obteve muitos detalhes esclarecedores.
Flávio foi morto com tiros na cabeça e tórax.
Nas redes sociais vários áudios estão circulando dando conta de que teria ocorrido uma briga no local e o algoz conseguiu tomar a arma da vítima e ter atirado.
Flávio, inclusive, estava com um coldre sem a arma.
Os dois homicídios, assim como os demais ocorridos nesta semana, estão sendo investigados pela delegada Nercília Dantas e equipe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário