terça-feira, 12 de junho de 2018

PC DIVULGA FOTO DO ACUSADO DE MATAR TAXISTA


A Delegacia de Roubos e Furtos disponibilizou para a imprensa fotos e vídeos do homem que está sendo procurado pela morte do taxista Humberto Gaudêncio da Silva.

O trabalhador foi assassinado por volta das 04h30 do domingo (10/06) na Avenida Dinamérica Alves Correia, no Bairro Dinamérica, em Campina Grande.
O homem esteve num estabelecimento momentos antes da morte de Humberto onde realizou um assalto.
A PC garante sigilo absoluto de quem fornecer pistas sobre o homem.
De acordo com o delegado Victor Melo, ele é branco, aproximadamente 1,78m, careca e possuiu uma tatuagem de aranha na mão esquerda.
O CRIME
Humberto, de 54 anos, foi vítima de assalto dentro do táxi.
Mesmo baleado conseguiu sair de dentro do carro, correu cerca de 200 metros, mas acabou não resistindo e morreu no pátio de um posto de gasolina na Avenida Floriano Peixoto, no Centenário.
O veículo acabou colidindo com um poste na Avenida Dinamérica.
Humberto trabalhava coincide  numa Praça no Centro (ao lado do Capitólio) e morava no  Bairro Alto Branco.
O taxista foi morto com um tiro no peito.
O assassino estaria no banco do carona.
No local onde o carro bateu, moradores disseram que foram ouvidos dois disparos.
Por se tratar de latrocínio o caso está sendo investigado pela DRF.

Nenhum comentário:

Postar um comentário