quarta-feira, 4 de julho de 2018

“BILHETE PREMIADO”: PC PRENDE, EM PERNAMBUCO, MAIS DOIS ACUSADOS DE GOLPES EM CAMPINA


Uma operação integrada entre a Delegacia de Defraudações e Falsificações de Campina Grande e o Grupo de Operações Especiais/PB e PC/PE, com apoio da PRF conseguiu cumprir dois Mandados de Prisão Preventiva contra mais dois acusados de integrar a "Organização Criminosa" que vem agindo desde o ano de 2016 aplicando o golpe do “bilhete premiado” em Campina Grande e João Pessoa.

A polícia estima que cerca de 50 pessoas tenham sedo vítimas do golpe.
Mulheres, com mais de 60 anos eram as preferidas dos fraudadores.
Foram presos no Posto da PRF Cruzeiro do Nordeste na cidade de Sertânia/PE Maria Rosangela Bezerra Teixeira, “branquinha”, de 38 anos, e Bruno Daniel Alves Reis, de 26.
Os dois negaram qualquer envolvimento no golpe, de acordo com o advogado Ricardo Siqueira.
No último dia 19 a Delegacia de Defraudações e Falsificações de João Pessoa já havia prendido
Ricardo Bezerra Teixeira, de 37 anos, e Douglas Henrique Florêncio Souza, de 28.
Os dois são de Caruaru/PE
A PC ainda procura por mais dois ladrões.
O GOLPE
O delegado Gerônimo Barreto/DDF, em entrevista a TV Borborema, informou que o golpe consistia em abordar mulheres idosas.
E uma pessoa, “se passando por muito simples”, se encarregava de iniciar a aplicação do golpe pedindo ajuda para encontrar um endereço para receber o prêmio de um bilhete premiado.
A vítima era convencida e com a promessa de receber uma “gratificação”.
O delegado afirmou que praticamente as mulheres caiam no golpe aceitando a proposta.
A partir daí outros fraudadores entravam na conversa e conseguiam acesso á cartões de crédito das vítimas.
(Redação com informações da Delegacia de Defraudações e Falsificações)

Nenhum comentário:

Postar um comentário