terça-feira, 31 de julho de 2018

PC ESCLARECE HOMICÍDIO DE PRESTANISTA EM CAMPINA

A polícia civil esclareceu mais um homicídio em Campina Grande.
O crime ocorreu na tarde de 04 de julho no Bairro Malvinas.
Contra o acusado foi cumprido um "Mandado de Internação Provisória".

Ele tem 17 anos de idade e já está no Lar do Garoto.
A vítima foi João Felipe de Almeida Marinho, de 22.
No sábado (28) a mãe dele ligou para a polícia militar dizendo que estava muito preocupada com a vida do filho, pois dias atrás ele teria cometido um homicídio e estava sendo ameaçado.
Policiais da 1ªCompanhia do 2ºBPM se dirigiram à casa dela e lá apreenderam o menor e o conduziram até a Central de Polícia.
O caso foi parar na Delegacia de Homicídios que já tinha como certo o envolvimento do adolescente e de um adulto já identificado.
Eles, no dia do crime, estavam numa moto.
De acordo com a polícia, o menor se "responsabilizou" pelo homicídio e não demonstrou arrependimento.
A PC também representou pela Prisão Temporária de Eliezer Diniz, de 20 anos, que seria, segundo investigações da DH, o condutor da motocicleta.
O adulto foi preso dias atrás pela PM com uma arma e um carro com restrição de roubo.
O HOMICÍDIO
João Felipe de Almeida Marinho, prestanista, estava numa moto com uma pessoa na garupa quando foi surpreendido por dois ocupantes de outra moto de cor vermelha.
João teria sido obrigado a parar o veículo e os assassinos atiraram nele. 
Nada foi levado da vítima.
O crime aconteceu na Rua Antônio Barbosa de Medeiros, Malvinas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário