Menu

terça-feira, 5 de maio de 2015

MARIDO ACUSADO DE MATAR A MULHER COM GOLPES DE FACA EM CAMPINA GRANDE SE APRESENTA A PC E ACABA PRESO

Inázio Galindo Silva, de 36 anos, foi preso na manhã desta terça-feira (05/05) na Central de Polícia em Campina Grande, no momento em que se apresentava à delegada Maíra Roberta.
Contra ele já havia um Mandado e Prisão Preventiva.
Ele é acusado de matar com golpes de faca, a própria mulher, Rosilma Pereira Batista, de 24.


O crime aconteceu na tarde de 1º de Maio, na residência do casal, na Rua das Palmas, na Ramadinha I.
A mulher foi esfaqueada na frente dos filhos.
“Os atritos vinham aumentando e alimentados por ciúmes. Já não havia possibilidade de reconciliação”, disse uma fonte ao renatodiniz.com.
Em depoimento Inázio argumentou que “deu apenas uma facada, mas foram conferidos pelo IPC oito golpes no corpo da mulher”.
Rosilma ainda foi socorrida para o Hospital de Trauma.
Amigos do acusado confidenciaram ao renatodiniz.com que ele estava bastante abalado.

Este homicídio é o primeiro “Feminicídio” em Campina Grande, após a nova Lei que foi promulgada em março.
A Violência Doméstica tem agora novas e mais severas penas.
O crime de morte, por exemplo, varia de 12 a 30 anos de reclusão e caso os filhos tenham presenciado a ação, existirá mais um agravante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário