ACUSADOS DE ASSALTOS SÃO ATROPELADOS E ACABAM PRESOS; UM DELES QUASE TEVE O PÉ DECEPADO

Quatro assaltantes realizaram um roubo em uma panificadora na Rua Olegário Maciel, no Bairro Monte Santo, em Campina Grande, e na fuga, dois deles foram atropelados.
O crime aconteceu na tarde desta sexta-feira (20/02).
De imediato a CPTran isolou o local, evitou um linchamento e prendeu os dois que estavam com uma moto roubada.
Por pouco um deles não teve o pé decepado.
Testemunhas e vítima reconheceram os acusados.

POLÍCIA PRENDE MAIS UM DO BANDO DE BACURIM; ACUSADO INVADIU CASA ONDE O DONO FOI TORTURADO

Lucas Augustinho de Souza Silva foi preso mediante uma Preventiva determinada pela justiça de Alagoa Nova.
Ele é um dos membros do bando do “bacurim”, morto nesta sexta-feira (19/02) em confronto com a polícia.
Lucas foi preso dois dias antes do “líder” ser abatido.
O delegado Eduardo Almeida informou que o assaltante é acusado de roubo qualificado e participou, por exemplo, da invasão de uma casa no sítio “São Tomé”, no último dia 11 onde o proprietário foi torturado por aproximadamente 40 minutos.
“Ele confessou tudo que aconteceu na casa. Ele confirmou tudo que foi dito pela vítima. Neste dia participaram do crime: bacurim, Tiago e Lucas”, afirmou o policial.

EM CAMPINA: CPTRAN APREENDE DUAS ARMAS DE FOGO, RECUPERA TRÊS VEÍCULOS ROUBADOS E PRENDE SEIS ACUSADOS

Em quatro ocorrências, em pontos diferentes de Campina Grande, policiais da 3ªCPTran apreenderam duas armas de fogo, três veículos roubados e prenderam seis pessoas.
As ações ocorreram nesta sexta-feira (19/02) em menos de 12 horas.
Às 09h20, na Avenida  Dinamérica Correia os sargentos Estevão e Farias, além do cabo Fablício, recuperaram um automóvel Fiat Uno.

TIROTEIO EM CAMPINA GRANDE: ENCAPUZADOS MATAM UM HOMEM E FEREM UM CASAL

No início da madrugada deste sábado (20/02) um tiroteio na Catingueira, em Campina Grande, resultou na morte de um homem e um casal ferido.
O crime ocorreu na Rua Manoel Batista, a principal do Bairro.
Testemunhas disseram que dois encapuzados chegaram num bar e abriram fogo.
As vítimas foram socorridas para o Trauma, e de acordo com a polícia militar, por voltas das 04h00 o serviço social do hospital confirmou a morte de Israel da Silva Lopes, 28 anos, pedreiro, ex-presidiário.