"SE EU PUDESSE MATAVA DE NOVO", DIZ ACUSADO DE DUPLO HOMICÍDIO

("Eu faria tudo novamente", diz agricultor)
O Grupo Tático Especial da Polícia Civil de Sousa, no sertão paraibano, prendeu o agricultor Francisco João de Oliveira, 51 anos, acusado de duplo homicídio.
Após investigações dos agentes da Polícia Civil, foi constatado que contra o agricultor, mais conhecido como “Melão” morador de Lastro, também no sertão, existiam dois mandados de prisão pelo crime de duplo homicídio ocorrido no dia 18 de fevereiro do ano de 2005.
João Melão matou a facadas, os irmãos Damião Gomes Sarmento, 39 anos, e José Gomes Sarmento, de 37.
Na delegacia, o acusado confessou que na época do crime, a discussão teria começado por causa do furto de um motor bomba.
Armado com uma faca, o criminoso matou os dois indivíduos.
Ele disse ainda que não se arrepende dos crimes que cometeu, e que se pudesse matava os dois novamente.

O agricultor foi condenado a 38 anos de reclusão em regime fechado.
(Por diariodosertao)

POLÍCIA PRENDE “BRINQUEDO ASSASSINO” NO ITARARÉ

(Roni Clécio: impunha medo no bairro Itararé)
A Polícia Militar retirou de circulação um jovem acusado de ser o terror para os comerciantes do bairro Itararé em Campina Grande.
Trata-se de Roni Clécio Silva, 23 anos, o “Brinquedo Assassino”.
Ele foi preso em flagrante logo após assaltar uma panificadora.
O crime aconteceu à tarde deste sábado(17/08), por volta das 15h00.


(Dinheiro roubado da panificadora)
De acordo com o Ten. Cel. Souza Neto (comandante do 2ºBPM),  “a polícia tinha informações de que o acusado impunha o terror no Itararé, assaltando comerciantes e ameaçando moradores. Quando ele foi preso em flagrante, parecia um sujeito inocente.”
“Brinquedo” já está na Penitenciária de Segurança Máxima.







                

HOMEM CHEGA AO TRAUMA COM CHAVE DE FENDA CRAVADA NO PESCOÇO


Francisco Francelino, de 62 anos, vigia da prefeitura de Conceição (no Vale do Piancó paraibano), deu entrada no início da madrugada deste domingo (18/08) no Hospital de Trauma em Campina Grande.
Ele foi vítima de um golpe de chave de fenda no pescoço.
A tentativa de homicídio aconteceu por volta das 20h00 do sábado (17).
Ele chegou ao Trauma com o objeto cravado no pescoço.
Apenas o cabo ficou fora do corpo.
De acordo com informação da Polícia Militar, o homem foi visto correndo nas proximidades de uma praça, com uma chave de fenda no pescoço e depois caiu.

LADRÕES INVADEM CASA E ASSALTAM MERCADINHOS EM CAMPINA GRANDE



A polícia registrou neste sábado (17/08), em Campina Grande, três assaltos nos bairros Bodocongó, Nações e Vila Castelo Branco.
O primeiro caso ocorreu no início da tarde na Vila Castelo Branco, zona leste, quando dois bandidos armados invadiram um mercadinho.
Eles roubaram clientes, funcionários e o proprietário do estabelecimento.
O montante roubado não foi divulgado.
O outro estabelecimento assaltado foi o “Mercadinho Pague Menos”, no bairro Bodocongó III.
O crime, por volta das 20h30 foi praticado por dois bandidos que roubaram cerca de dois mil reais e celulares.
Os ladrões ainda trancaram o proprietário em um cômodo.
Ele só conseguiu sair do local quarenta minutos depois.