LADRÕES ASSALTAM ÓTICA NO CENTRO DE CAMPINA; MERCADINHO TAMBÉM FOI ALVO. EM MONTADAS POSTO É ASSALTADO PELA SEGUNDA VEZ NO ANO

Mais um estabelecimento foi alvo dos ladrões no Centro de Campina Grande.
Desta vez o crime ocorreu numa ótica da Rua Treze de Maio às 15h40 desta quinta-feira (11/02).
Dois bandidos roubaram 15 óculos Ray Ban e o relógio da funcionária.
A dupla estava numa moto.
Um deles aparentava ser menor de 18 anos e usava um revólver.

NOITE VIOLENTA EM CAMPINA: POLÍCIA CONFIRMA DUAS MORTES

(Atualizada)
A polícia civil confirmou dois homicídios na noite desta quarta-feira (10/02) em Campina Grande.
Às 19h40  foi registrado, na Rua José Firmino da Silva, no Jardim Paulistano, nas imediações de uma sucata, a morte de José Alberto da Costa, de 38 anos, que morava na Travessa Santa Luzia, no Bairro Tambor/Estação Velha.
Ele foi morto com três tiros no tórax e um nas costas.
Alberto era lavador de carros, segundo familiares.

COMERCIANTE CEGO É BALEADO DURANTE ASSALTO

Um comerciante de 75 anos e cego foi teve seu estabelecimento comercial assaltado e, além disso, ainda foi baleado com um tiro na panturrilha.
O crime aconteceu por volta das 22h30 desta quarta-feira (10/02) na Rua Cícero de Farias Castro, em Taperoá, no Cariri.
Os acusados são dois ladrões que estavam numa moto de dor preta, disseram testemunhas.

CAMINHÃO CAPOTA DEIXANDO UM MECÂNICO MORTO E O MOTORISTA FERIDO

O capotamento de um caminhão na “Serra de Umbuzeiro”, próximo à ponte do Rio Paraíba, em Umbuzeiro, no Agreste, deixou uma pessoa morta e outra ferida.
O acidente aconteceu por volta das 23h00 desta quarta-feira (10/02).
Segundo informações da polícia militar, a vítima fatal trata-se de Aníbal Albuquerque de Araújo Neto, 41 anos, que morava na Rua Maria Antonieta Mariz Marques, no Bairro Santa Cruz, em Campina Grande.

SUSPEITO DE MATAR TENENTE NA PARAÍBA SE ENTREGA À POLÍCIA E NEGA CRIME

O filho de um sargento do Polícia Militar, Joanderson Pereira de Sousa, de 21 anos, que é suspeito de envolvimento na morte do tenente da Polícia Militar Ulysses Costa, se entregou na tarde desta quarta-feira (10/02), acompanhado de dois advogados, na Central de Polícia, no bairro do Geisel, em João Pessoa, de acordo informações divulgadas pela Polícia Militar.
O crime aconteceu na noite da quinta-feira (04) na Zona Sul de João Pessoa.
Ao ser apresentado à imprensa, Joanderson negou ter participado do crime e disse que estava em casa.