Menu

terça-feira, 18 de agosto de 2015

ACUSADO DE ESTUPRO SEGUIDO DE MORTE NO BANCO DOS RÉUS: VÍTIMA FOI A ESTUDANTE ANA ALICE DE 16 ANOS


Quase três anos após o estupro seguido de morte da adolescente Ana Alice Macedo Valentin, 16 anos, em Caturité, no Cariri, o acusado Leônio Barbosa de Arruda senta no banco dos réus.
O julgamento ocorre nesta terça-feira (18/08) no auditório da Câmara Municipal de Vereadores de Queimadas, a partir das 08h30.
O crime de repercussão, aconteceu no dia 19 de setembro de 2012.

O julgamento será conduzido pelo Juiz Titular da 1ª Vara Mista de Queimadas, Antônio Gonçalves Ribeiro Júnior.
A família da vítima e do réu , representantes dos Movimentos de Mulheres, além do Comitê Ana Alice, terão permissão para acompanhar o julgamento.

O CASO

No dia 19 de setembro de 2012, Ana Alice foi abordada quando chegava em casa depois da aula.
Em seguida foi estuprada e assassinada.
O corpo foi enterrado em uma fazenda na zona rural do município de Caturité.
Leônio foi preso em 07 de novembro de 2012, no mesmo dia em que o corpo da estudante foi encontrado em uma cova rasa.
Mas o histórico do acusado não se resume ao brutal crime da adolescente.
Antes, no mês de fevereiro do mesmo ano, ele estuprou outra jovem de 18 anos em Queimadas.
E em outubro, também de 2012, o maníaco tentou estuprar uma mulher de 40.


ELE AINDA FUGIU DA PRISÃO E DEPOIS FOI RECAPTURADO


Na noite de 03 de abril de 2014, por volta das 20h15 o acusado fugiu da Penitenciária Padrão de Campina Grande.
Ele se escondeu na casinha de cachorro e em seguida pulou o muro de cinco metros de altura.
No dia 13 de abril foi recapturado por agentes penitenciários no sítio “Salgado”, em Caturité.
Ele não reagiu e se entregou.


Nenhum comentário:

Postar um comentário