Menu

quinta-feira, 1 de outubro de 2015

MÃE E FILHA ASSASSINADAS A FACADAS NA CAPITAL: PADRASTO SUSPEITO É PROCURADO PELA POLÍCIA

Mãe e filha foram encontradas mortas dentro de um quarto de uma casa no bairro do Grotão, na manhã desta quinta-feira (01/10).
O companheiro da mulher, que tinha 44 anos, e padrasto da garota é o principal suspeito dos crimes.
Ele ainda não foi localizado pela polícia.
Conforme indicou a perícia, as vítimas foram mortas com golpes de faca de cozinha.
De acordo com a delegada Adriana Guedes, o suspeito tinha interesse sexual na enteada, uma adolescente de 15 anos.
Ainda segundo a autoridade policial, o crime pode ter sido planejado.
"Ontem ele ligou para a filha e deixou com ela um cartão de crédito e disse que ela poderia usar como quisesse. Por volta da meia-noite, voltou a ligar para ela e informou que tinha dinheiro no banco e que ela poderia pegar. A 01h ele fez a última ligação, onde revelou ter matado a companheira e a enteada. Tudo leva a crer que foi um crime premeditado porque ele também esteve na casa de uma irmã, na semana passada, e pegou todos os documentos pessoais dele que estavam com ela", informou a delegada.
A hipótese de o crime ter sido passional foi confirmada pela enteada mais velha do suspeito.
Ela não estava na casa no momento do ataque e soube da morte da mãe e da irmã através cunhado.

“Meu padrasto era doente de ciúme da minha irmã. Ele dizia que minha irmã estava namorando e minha mãe brigava muito com ele. Minha mãe o mandava ir embora, mas ele não ia”, contou.
“A minha vizinha disse que escutou os gritos de madrugada e um barulho de como se tivesse uma pessoa correndo. E depois o portão batendo duas vezes. Ele ligou pra filha dele e disse que tinha matado as duas. Aí quando foi de manhã meu cunhado foi na minha casa e me contou. Eu fui na igreja e minha mãe não estava lá. Fomos para a casa e eu pedi pra que ele arrombasse a porta. Quando ele arrombou a porta tava a sala cheia de sangue e as duas estavam no quarto”, completou a moça.
(portalcorreio)


Nenhum comentário:

Postar um comentário