Menu

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

PM APREENDE ACUSADO DE ASSALTOS, TESTEMUNHA CONFIRMA, MAS ADOLESCENTE ACABA LIBERADO. SAIBA OS MOTIVOS

Um adolescente de 15 anos foi apreendido numa abordagem da polícia militar acusado de assaltos em Lagoa Seca.
O comparsa dele fugiu.

Uma testemunha o reconheceu como sendo um dos ladrões que assaltaram duas vítimas.
O caso ocorreu por volta das 19h00 desta quarta-feira (24/08).
Ainda segundo esta testemunha, o adolescente disparou contra a PM durante a tentativa de fuga.
Uma guarnição comandada pelo cabo Rocha realizou a captura do menor e apreendeu uma moto de cor preta, mas não foram encontrados arma ou produtos de roubo.
Em conversa com os policiais, o adolescente confessou que pela manhã combinou com um “amigo” de fazer umas paradas em Lagoa Seca, o que, de acordo com ele próprio ocorreu durante a noite.
O menor, a moto e a testemunha foram encaminhados para o DISP – Distrito Integrado de Segurança Pública em Campina Grande, para que fosse lavrada a ocorrência, porém nenhuma vítima compareceu.
A delegada Suelane Souto ficou impossibilitada de lavrar o flagrante (ato infracional) por falta da materialidade.
Cumpriu o Estatuto da Criança e do Adolescente.
Diante desta situação o menor teve que ser liberado.
Como disse um especialista ao renatodiniz.com: “o Estatuto da Criança e do Adolescente determina que menores infratores sejam entregues aos pais ou responsáveis. Somente em casos de violência, ou repercussão social, ou para proteger o próprio menor, como exceção, é que ele poderá ser encaminhado ao cárcere”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário