quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

VEREADOR É AMEAÇADO DE MORTE PARA RENUNCIAR À POSSE EM SOLEDADE

O vereador eleito de Soledade, Netinho Policarpo (Pros) procurou a polícia federal em Campina Grande para denunciar que foi ameaçado por dois homens, que de posse de envelopes com papéis timbrados da câmara, queriam que ele renunciasse ao cargo.

Sob ameaça de morte, o vereador teria que assinar os papéis.
O caso foi repercutido na Patrulha da Cidade/TV Borborema desta quarta-feira (28/12).
Em entrevista que concedeu ao repórter Rafael Gonçalves, o vereador afirmou que ele tinha que assinar "de qualquer jeito" um documento renunciando à posse no domingo, porém o político não assinou nada.
Netinho informou ainda que foram quase duas horas de tortura.
O crime ocorreu na noite da terça-feira (27) na casa de uma amiga onde ele estava.
O local foi invadido pelos homens que chegaram numa moto.
Netinho acrescentou que a alegação da renúncia “seria de cunho pessoal, pois ele tinha passado num concurso”.
O vereador resistiu e os homens foram embora.
(Com informações da TV Borborema)

10 comentários:

  1. JÁ OUVI MUITAS ESTÓRIAS DE ( TRANCOSO )

    ResponderExcluir
  2. EU ASSINARIA TRANQUILAMENTE, EM SEGUIDA FARIA A QUEIXA A AUTORIDADE COMPETENTE E REGISTRAVA NO TRE...SERIA TIRADO A LIMPO A TENTATIVA DE EXTORSÃO DE CARGO
    AÍ TEM GENTE APARECENDO.

    ResponderExcluir
  3. Mentira esse cara é conhecido por mintirinha, ele inventa coisas que só ele ver, ele que alguma coisa com essas mentiras.

    ResponderExcluir
  4. Dizem que a família desse vereador é famosa pelas mentiras.

    ResponderExcluir
  5. o q esse ai e a familia menti num dia macaco num pula durante um ano!!!kkkkk

    ResponderExcluir
  6. o q esse ai e a familia menti num dia macaco num pula durante um ano!!!kkkkk

    ResponderExcluir
  7. Os cara chega coloca arma na cabeça e diz assine e ele responder q ñ vai assinar,e ñ sofrer nenhum tiro,extremamente estranho

    ResponderExcluir