Menu

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

ACUSADOS DE MATAR HOMEM EM FESTA DE CONFRATERNIZAÇÃO SÃO PRESOS EM CAMPINA

 
Matheus da Silva, de 18 anos, e Eudes Jonas Brito, de 19, foram presos pela delegacia de homicídios de Campina Grande nesta sexta-feira (19/12), na Estação Velha.
Eles são acusados da morte do operador de máquinas Émerson Diego Araújo Pereira, de 24 anos, assassinado no último dia 14 durante uma festa de confraternização, no “Beco Califon”/ Estação Velha.
A delegada Maíra Roberta disse que o crime foi motivado por vingança.
“Os acusados se diziam ameaçados pela vítima”.
Os dois confessaram o crime e disseram que a rixa era antiga entre eles e constantemente recebiam ameaças de Émerson Diego.
Em nenhum momento os acusados se arrependem do crime.
“Se tivesse de matar novamente eu matava. Ele só vivia ameaçado nós”, disse um dos assassinos à repórter Cláudia Gomes da TV Borborema.
Os dois foram encaminhados para o Presídio Padrão Regional de Campina Grande.
(Cláudia Gomes/TV Borborema)

VÍDEO COMPLETO: ASSASSINO DE PINTOR; QUALQUER INFORMAÇÃO DISQUE 197

VEJA O VÍDEO
video
Qualquer informação sobre este assassino entrar em contato com 197.
Foi um crime brutal ocorrido em Esperança
COMO FOI
Conforme apurou a polícia, o pintor Pedro Roque dos Santos, 62 anos, havia recebido uma herança no valor de “13.000,00 reais”.
Após sair de um banco, na quarta-feira (17/12), entrou na loja “Brasil Modas” para fazer algumas compras quando foi abordado por dois bandidos armados que chegaram numa motocicleta de cor preta.
Um ficou fora do estabelecimento e outro no interior para realizar o roubo.
O bandido exigiu o dinheiro e Pedro entregou parte da quantia.
Em seguida a vítima entrou em luta corporal com um dos ladrões que exigiu mais dinheiro.
O pintor sofreu uma coronhada e um tiro no peito.
O SAMU realizou os socorros, mas infelizmente o homem não resistiu.

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

CONDENADO: HOMEM QUE MATOU A MULHER E FUGIU PARA BRASÍLIA FOI JUGADO E PENA É DE 18 ANOS


18 anos.
Esta é pena de reclusão para Jurandir Teodósio de Souto que havia 18 anos matou a esposa Rute Patrícia Maracajá e fugiu para o Distrito Federal.
Ele foi julgado nesta quinta-feira (18/12) no Fórum Affonso Campos em Campina Grande.
Graças a filha do casal, Julianne Maracajá, o pai foi condenado.
O caso ganhou repercussão no país em virtude de a filha ter procurado mostrar para “justiça” que o pai dela  estava levando  uma vida normal após um crime de morte.
Rute Patrícia Maracajá foi assassinada pelo esposo em fevereiro de 1996 na porta de casa.
O crime aconteceu no Bairro Santa Rosa, em Campina Grande.
O acusado tinha ciúme da mulher.
No dia do crime Jurandir pegou uma faca e assassinou a esposa, sem defesa para vítima.
Durante o julgamento ele confessou o crime.
O homem foi preso depois que a filha, Julianne Maracajá, o localizou através das redes sociais.
O pedreiro estava morando em Brasília e tinha uma nova família. 
A pista para a filha o encontrar foi o nome de um dos filhos do segundo casamento.
Era o mesmo do irmão de Julianne.
A jovem e os familiares acompanharam todo o julgamento.
O réu permaneceu de cabeça baixa durante o júri.
Esse foi o primeiro encontro entre filha e pai depois do assassinato.
A sentença anterior o condenou a 22 anos de prisão pelo crime, mas foi anulada, pois o réu não apresentou defesa.
No julgamento desta quinta-feira: na presidência do júri: juiz Falkandre Queiroz; na defesa advogados Pedro Ivo e Joilma Oliveira; Ministério Público: Osvaldo Barbosa que contou com a assistência da Banca do Advogado Félix Araújo.
(Fonte: Cláudia Gomes/TV Borborema e Elvis Sângelis/Estagiário de Direito)

CIÚME LOUCO: HOMEM INVADE CASA E MATA COMPANHEIRO DA EX-MULHER

 
Na madrugada desta quinta-feira (18/12), por volta de 01h00 foi assassinado com três tiros de revólver o motorista Nerivaldo Marcolino Barbosa, de 39 anos.
Ele estava dormido na companhia de Sandra de Oliveira Guilherme, de 38.
O crime aconteceu na cidade de Coxixola, Cariri do estado, e foi praticado por Mauro Honório da Silva, ex-marido de Sandra.
Ela contou à polícia que está separada do acusado há sete meses, mas este nunca aceitou a separação.
Nesta madrugada Mauro foi até a residência da ex-mulher, arrombou a porta da cozinha, se dirigiu ao quarto onde estava o casal e foi logo atirando.
Ele ainda deu várias coronhadas na cabeça de Sandra.
Mauro fugiu em um veículo Monza de cor azul com destino a cidade de Caraúbas, na mesma região.

ASSALTANTE TROCA TIROS COM POLÍCIA E ACABA PRESO; BANDIDO ESTAVA FORAGIDO E HAVIA INVADIDO CASA

("Mancha": novamente na cadeia)

José Antônio de França Filho, o “mancha”, de 28 anos, foi recapturado na noite desta quarta-feira (17/12) após trocar tiros com policiais do 10ºBPM.
Momentos antes ele e dois comparsas invadiram uma casa no município de Matinhas, no Brejo, de onde roubaram uma quantia em dinheiro e duas motocicletas.
A polícia realizou rondas e se deparou com os assaltantes nos veículos.
Os bandidos abriram fogo e a PM revidou.
“Mancha” achou por bem se entregar.

Ele estava armado com um revólver.
Uma moto foi recuperada.
Os outros ladrões conseguiram fugir.
O assaltante preso fugiu da cadeia de Areia na madrugada de 24 de novembro/2014 na companhia de outros dois assaltantes.
“Mancha” é considerado de alta periculosidade e faz parte de uma associação criminosa acusada de invadir casas nos municípios de Matinhas, Areia, Alagoa Nova entre outros.
A prisão foi realizada pela guarnição do cabo Jamerson, soldados Manoel e D. Rodrigues. 

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

VEJA O VÍDEO: CÂMERA DE SEGURANÇA REGISTRA ASSASSINATO DE PINTOR

VEJA O VÍDEO
video
Uma câmera de segurança da loja “Brasil Modas”, em Esperança, pode ajudar a polícia na identificação do assassino do pintor Pedro Roque dos Santos, de 62 anos, que foi morto na manhã desta quarta-feira (17/12), após reagir a um assalto, de acordo com o que informaram a polícia.
A imagem mostra um homem saindo correndo da loja com uma arma na mão.
COMO FOI O CRIME

Conforme apurou a polícia, o pintor havia recebido uma herança no valor de “13.000,00 reais”.
Após sair de um banco, entrou na loja “Brasil Modas” para fazer algumas compras quando foi abordado por dois bandidos armados que chegaram numa motocicleta de cor preta.
Um ficou fora do estabelecimento e outro no interior para realizar o roubo.
O bandido exigiu o dinheiro e Pedro entregou parte da quantia.
Em seguida a vítima entrou em luta corporal com um dos ladrões que exigiu mais dinheiro.
O pintor sofreu uma coronhada e um tiro no peito.
O SAMU realizou os socorros, mas infelizmente o homem não resistiu.

FUGIU DE PRESÍDIO EM SÃO PAULO E FOI CAPTURADA NA PARAÍBA

O grupo de inteligência da Polícia Militar prendeu no final da tarde desta terça-feira (16/12) no bairro Novo Horizonte, em Patos, Sertão paraibano, Fernanda Monteiro da Silva, 20 anos.
Segundo a polícia, ela é fugitiva do Presídio Feminino da cidade São José do Rio Preto, interior de São Paulo.
Fernanda fugiu depois que o Presídio foi invadido para o resgate de uma presa.
Na oportunidade 20 presas fugiram.
Fernanda Monteiro disse que aproveitou a oportunidade.
Ela contou que veio para a Paraíba em transporte clandestino.
A fuga aconteceu na última terça-feira (09).
A ação da fuga teve repercussão nacional, e a polícia na Paraíba teve conhecimento que existia uma patoense na fuga.
O procedimento foi feito pela delegada Danielle Quirino da Primeira Delegacia.
Fernanda pode ser recambiada para o Estado de São Paulo.
(patosonline)