Menu

terça-feira, 3 de março de 2015

ACUSADO DE MATAR MOTOTAXISTA EM CAMPINA GRANDE É PRESO PELA POLÍCIA CIVIL

André Caetano da Silva, 28 anos, foi preso na tarde desta segunda-feira (02/03), após se apresentar a delegada Tatiana Barros, na Delegacia de Homicídios, em Campina Grande.

Ele assumiu que matou a tiros o mototaxista José Jordex Martins, sexta-feira (27/02) na Vila Cabral de Santa Terezinha.
O acusado estava acompanhado do advogado Afonso Villar quando recebeu voz de prisão.
“Ele confessou o crime e disse que momentos antes foi provocado pela vítima”, contou a delegada.
(André:assumiu o crime)
Em depoimento, continua Tatiana, “ele afirmou que viu a moto de Jordex estacionada e ao se aproximar foi recibo à bala e revidou atingindo a vítima em alguma parte do corpo. Em ato contínuo a vítima caiu”.

Acrescentou a delegada: “André assumiu que quando Jordex estava ao solo se aproximou e desferiu mais um tiro. Ele assumiu que atirou no rapaz quando este estava deitado no chão sem esboçar defesa”.
A arma do crime e a arma que Jordex portava foram entregues à polícia.
(Jordex:vítima)
São dois revólveres calibres "32" estavam em poder do acusado.
O advogado Afonso Vilar disse que vai tentar junto a justiça relaxar a prisão do seu cliente.
Tudo isso ocorreu por causa de um “som alto”, quatro anos atrás.
*A Patrulha da Cidade/TV Borborema/SBT veiculou reportagem sobre o caso na sexta-feira (27/02), segunda-feira (02/03) e nesta terça-feira (03).

Nenhum comentário:

Postar um comentário