Menu

terça-feira, 7 de abril de 2015

ACUSADO DE ASSASSINAR CASAL E REALIZAR ARRASTÃO NEGA TUDO

João Carlos Graciano da Silva, o “Zuza”, de 25 anos, acusado de assassinar a tiros, na companhia de outro homem o casal Thamara Thaise Ferreira da Silva e Ronaldo Costa, em Pocinhos, no mês de janeiro, negou qualquer participação no crime.
O casal estava dormindo quando teve a residência invadida.
“Zuza” foi preso na manhã desta segunda-feira (06/04) em Pitimbu, no Litoral sul da Paraíba.
“Eu não tenho nada a ver com isso. Só falo na justiça. Num conhecia ninguém. Num tenho envolvimento com isso”, afirmou o acusado.
O delegado Damião Marçal disse que o crime está ligado ao tráfico de drogas na cidade e isso causou a morte de Thamara e Ronaldo.
Já em fevereiro, ainda em Pocinhos, de acordo com a polícia, ele participou de um arrastão em um ônibus onde 52 estudantes foram vítimas.
João Carlos, que já morou em Campina Grande na comunidade São Januário, também negou qualquer envolvimento.
“Agora pronto! Eu num tenho nada com isso. Eu não sou inocente, mas num tenho nada com isso”.
Por esse crime a justiça também determinou a prisão de David Tomé que já está preso na cadeia Pública de Pocinhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário