Menu

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

SANFONEIRO É SUSPEITO DE MATAR RAMBO COM TRÊS TIROS; EM RIACHÃO POLÍCIA INVESTIGA CRIME DE HOMEM QUE MORREU NA PORTA DE CASA

(Manoel Evaraldo "rambo")
Um sanfoneiro, morador do sítio “Salinas”, em Gado Bravo, no Agreste, é o principal suspeito de matar com três disparos de revólver Manoel Everaldo Pereira, o “rambo”, de 41 anos.
O crime aconteceu na segunda-feira (23/11), por volta das 20h00, justamente nas imediações da casa do suspeito, em uma comunidade conhecida como “Vila Cabral”.
O sanfoneiro, de acordo com o delegado Ramirez São Pedro, está foragido.
Informações obtidas pela polícia são de que um dia antes, “rambo” se envolveu numa briga em um bar com um dos filhos do suspeito.
Na ocasião, ocorreram disparos de revólver.
A vítima trabalhava como “segurança nos sítios”.
Na noite da morte, também conseguiu apurar a PC, “rambo” saiu de casa com dois revólveres e uma moto.
A moto foi encontrada ao lado do corpo, mas os revólveres não apareceram.
"Rambo já havia se envolvido em várias confusões e já havia sido preso.
Ele morava em Mororó, Barra de Santana.
EM RIACHÃO DO BACAMARTE
(Élio Morais da Silva)
A polícia civil está mobilizada na tentativa de localizar os dois homens que mataram, também na segunda-feira, às 21h00, em Riachão do Bacamarte, no Agreste, Élio Morais da Silva, de 37 anos.
Ele conversava com um amigo que é agente penitenciário quando apareceram dois homens numa moto e foram logo atirando.
Élio foi atingido e imediatamente socorrido para o Hospital de Trauma em Campina Grande, mas diante da gravidade, acabou não resistindo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário