Menu

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

MORRE PEDREIRO QUE FOI BALEADO COM UM TIRO NA CABEÇA


(Atualizado)
O pedreiro Josenildo Marques da Silva, 29 anos, que foi baleado com um tiro na cabeça na noite desta quinta-feira (04/02) às 22h00 no Centro de Montadas, morreu na madrugada desta sexta-feira (05), por volta de 01h30.

O relatório da polícia militar destaca que o rapaz estava dentro de um Corsa Sedan  quando um “desconhecido” atirou.
O acusado conduzia uma motocicleta.
O socorro foi realizado pela própria guarnição que o levou para o Hospital de Trauma.
Josenildo tinha acabado de sair de um bar.
O homem que atirou seria “um guarda de uma empresa que ajuda na segurança da cidade ou um irmão desse guarda”, porém a polícia militar não confirmou.
Já na manhã desta sexta-feira familiares do pedreiro disseram que o crime foi praticado por um "guarda ou pelo pai dele".
Os acusados moram no sítio "Mares Preto" entre Montadas e Puxinanã.
O motivo do assassinato foi um desentendimento recente que acabou em agressão.
Na última segunda-feira (01) Josenildo foi vítima de uma tentativa de homicídio.
Neste dia, dois homens numa moto abriram fogo e atingiram o carro do pedreiro.
Fotos: Ricardo Júnior

Nenhum comentário:

Postar um comentário