Menu

quinta-feira, 19 de maio de 2016

EM CAMPINA FAMILIARES DE VÍTIMAS DE HOMICÍDIOS DIVIDEM O MESMO ESPAÇO COM ACUSADOS OU TESTEMUNHAS DO ACUSADO ANTES DAS AUDIÊNCIAS; DIRETOR DO FÓRUM PROMETE MUDANÇAS

Imagine ter alguém da família assassinado e ter que, durante antes da audiência, ficar frente a frente com o acusado ou com familiares do acusado, amigos do acusado e ainda ser até pressionado ou coagido.
Isso ocorre em Campina Grande.
Nos corredores do Fórum Affonso Campos ficam parentes e testemunhas das vítimas de um lado, sentados num banco.
Já do outro lado, sentados em outro banco, ficam parentes, amigos e por vezes o acusado.
Ou seja: diante dessa situação testemunhas e familiares das vítimas se sentindo ameaçadas, ou acuadas, mudam muitas vezes seus depoimentos perante o magistrado ou promotor.
O renatodiniz.com recebeu dezenas de apelos durante cinco meses sobre este tipo de constrangimento e nesta quarta-feira (18/05) um pedido de socorro de um familiar de uma vítima de homicídio foi contundente:
“Me ajude, nos ajude... Estamos com medo... A gente ficou cara a cara com o assassino, com a família dele, com o advogado dele... Era muita piadinha... risadinha... Faça alguma coisa Renato”.

O renatodiniz.com entrou em contato com a assessoria do Fórum Affonso Campos que de pronto informou ao juiz diretor Vandemberg Freitas.
O juiz  garantiu que diante de tal circunstância vai conversar com os magistrados da área criminal e apresentar medidas que possam coibir situação de tal constrangimento.

3 comentários:

  1. O mesmo aconteceu com minha família, no último dia 12/05

    ResponderExcluir
  2. UM DESRESPEITO E TOTAL ABSURDO!!!

    ESSE PAÍS E SUAS LEIS IDIOTAS ,ULTRAPASSADAS E ABSURDAS,LEIS QUE DESRESPEITAM O SEU POVO,E FAVORECEM OS BANDIDOS!

    ResponderExcluir
  3. Do mesmo jeito alguns policiais despreocupados fazem com as vítimas de assaltos, pegam o suspeito e colocam de frente com as vítimas,quem é doido de acusar o bandido sabendo que em poucas horas eles estarão na RUA.

    ResponderExcluir