Menu

terça-feira, 23 de agosto de 2016

MULHER QUE MATOU FILHO EM CAMPINA GRANDE FOI TRANSFERIDA PARA JOÃO PESSOA

Uma equipe do GPOE – Grupo Penitenciário de Operações Especiais – da Secretaria da Administração Penitenciária recambiou na tarde desta terça-feira (23/08) para o Instituto Psiquiátrico Forense em João Pessoa, Sônia Paulo Sílvia Soares que na última sexta-feira (19), durante um surto psicótico, assassinou o próprio filho Caio Márcio Nóbrega Soares, de seis anos, com 50 golpes de faca, além disso, ele teve o órgão genital mutilado.

A transferência dela foi uma determinação judicial.
Oito anos atrás ela teve um surto psicótico e ficou internada por aproximadamente três meses no Hospital Samaritano, em João Pessoa.
No entanto, após isto, nunca teve coisa parecida ou apresentou distúrbio, mas sexta-feira por volta das 12h30 Sônia matou  o filho.
O corpo da criança foi encontrado em cima de uma cama.
Vizinhos ouviram gritos e chamaram a polícia.
O SAMU ainda realizou socorros, mas sem sucesso.
A mãe, Sônia Paulo, ficou no local onde foi presa em flagrante pela policia militar.
Caio Márcio era autista.

Um comentário:

  1. foi uma medida prudente,más dificilmente ela terá paz agora independente dela ter problemas psiquiátricos...

    ResponderExcluir