Menu

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

EM MONTADAS “VERÍSSIMO” RETOMA PREFEITURA E FAZ MAIORIA NA CÂMARA; JONAS DERROTA JAIRO HERCULANO, ATUAL PREFEITO

Jonas de Souza (Veríssimo) é o novo prefeito de Montadas a partir de 1º de Janeiro de 2017.
Neste domingo (02/10) ele venceu a eleição no município com 52,82% dos votos, contra o atual prefeito Jairo Herculano (PSB) que obteve 47,18%.
Jonas (PSD) teve 1.967 votos e Herculano 1.757.
Uma maioria de 210 votos.
Além disso, Jonas vai governar com maioria na câmara sem precisar fazer acordo com oposição.
O PSD tem cinco cadeiras e o PSB obteve quatro.

A vitória de Jonas vinha se desenhando desde 2014 quando ele conseguiu obter maioria para os candidatos que apoiou para deputado estadual e federal.
Outro fator importante foi colocar como vice, o professor Luís Carlos.
Quer dizer: colocou um não Veríssimo na chapa vitoriosa.
Outro grande vencedor foi o atual vice-prefeito Erasmo de Souza, irmão de Jonas.
Ele rompeu com o atual prefeito pouco tempo após assumir.
Erasmo teve papel relevante nos bastidores da campanha e trouxe uma equipe de guerreiros.
Citar nomes aqui seria pecar por omissão.
Adesões foram fundamentais e citar nomes aqui também seria pecar por omissão.
Jonas não é rancoroso, nem prepotente.
Foi um candidato pé no chão e isso também foi decisivo para a vitória.
O grande derrotado em Montadas foi o deputado Adriano Galdino que fez discursos inflamados e provocativos, embora tenha obtido êxito em Areial e Esperança.
Uma coisa é certa: o eleitor gosta de ver a cara do prefeito.
O eleitor quer se sentir, de certa maneira, representado e respeitado.
Para quem achou que politicamente “os Veríssimos” estavam enterrados, fica a certeza: o povo sentiu falta do grupo que por tantos anos foi liderado pelo ex-prefeito José de Arimatéia Souza.
Arimatéia não abaixou a cabeça e no momento certo agiu com muita cautela, paciência, foi comedido, além de articulador.
YURI, O PRIMO DE JONAS, É O MAIS VOTADO PARA VEREADOR
O jovem Yuri (PSD), primo de Jonas foi o mais votado.
Ele obteve 287 votos.
Foi outra demonstração de que a família Veríssimo voltou com força.
Os demais eleitos foram:
Cássio Avelino (PSD) 241; Júnior de Iremar (PSD) 213; Naldo (PSD) 211; Basto de Militão (PSB) 180; Tito (PSB) 172; Eliane (PSB) 167; Ramalho (PSB) 153 e Marcos (PSD) 120.

Nenhum comentário:

Postar um comentário