Menu

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

MÃE FAZ DESABAFO EMOCIONANTE APÓS NENHUM COLEGUINHA IR À FESTA DE ANIVERSÁRIO DO FILHO

Uma mãe americana publicou um emocionante desabafo depois que nenhum coleguinha do filho de 9 anos veio à sua festa de aniversário. 
“O que era para ser aniversário divertido, com pizza, bolo, jogos e amigos, terminou terrivelmente mal”, escreveu.
Kristen contou em seu blog que Mahlon é “um menino esperto, sensível e cuidadoso que ama animais e bebês”
Educado em casa até os 8 anos, ele sonhava em ter uma festa “de verdade” – até então, todos os convidados para seus aniversários eram primos e parentes.
No aniversário de nove anos, quando Mahlon já estava na escola, ela preparou uma festa todinha inspirada no Diário de Um Banana, o livro favorito dele. 
“Esse é o dia mais feliz da minha vida, mãe! Mal posso esperar até que meus amigos cheguem”, comemorou o menino. 
A mãe fez questão de enviar um convite feito à mão para cada coleguinha da nova escola, pedindo aos pais que confirmassem a presença.
Perto da hora de começar a festinha, o pior dos mundos aconteceu: nenhum coleguinha veio. 
Ao ver o garoto sozinho em meio à decoração, ela ficou devastada. 
“Pedi licença e fui ao banheiro chorar quietinha, não queria que ele percebesse ou ficasse chateado.” 
“Eu não culpo as crianças que não apareceram, e estou tentando não culpar os pais. Na verdade eu estou muito chateada para estar nervosa. Há milhões de desculpas e cenários que podem explicar porque ninguém veio. (…) O que eu sei é que Mahlon nunca vai esquecer seu nono aniversário. Estará pra sempre gravado em sua memória o dia em que ninguém veio à sua festa, e isso me mata enquanto mãe. E tudo poderia ser evitado com uma simples confirmação“.
Mas a história acabou terminando de um jeito menos triste: Mahlon e a família foram jogar boliche, um passeio com o qual ele sonhava há tempos. Além disso, o relato de Kristen viralizou e vários internautas mandaram cartões de Feliz Aniversário para ele.
(VEJA São Paulo)

2 comentários:

  1. Respostas
    1. E tem que ser obrigatoriamente caso de polícia? As pessoas gostam e se divertem com a desgraça dos outros.

      Excluir