sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

"REFFORMA TRABALHISTA": TUDO PARA GARANTIR A LUCRATIVIDADE DE POUCOS, DIZ SINDICALISTA

Por Antônio Pereira*
Reforma trabalhista?
Qual a força de um desempregado por seus possíveis direitos diante uma proposta de trabalho? 
Este é mais pacote de medidas pró estado mínimo que será entregue as forças ocultas dos que detêm um pouco, ou muito, capital.

Digo melhor, que tem o livre acesso ao capital de investimento e custeio através da "Bolsa Empresarial". 
Tudo para garantir a lucratividade de poucos, entre os milhões de brasileiros.
Temer, de pacote em pacote, vai rasgando a Constituição, mutilando os sindicatos e organizações sociais, triturando a vida dos trabalhadores, enfim, rindo a toa, pelo sucesso de suas teses, implementadas pela grande mídia manipuladora em ouvintes sem alternativas de outras interpretações, ou ideologicamente comprometidos com esse esquema político retrógado e separatista, ou minimamente sem uma leitura de razoável coerência do momento dramático em que vive a nação
Mas, duro mesmo é ter que reconhecer que a grande reforma que nos falta, de fato, não é outra senão, a Reforma Política, esta sim, que a esquerda ficou nos devendo. 
Um fiasco que merece reflexão e crítica. 
O preço que estamos pagando é muito caro e indigno ao sentimento cidadão, como esta foto abaixo sugere e, ilustra o sarcasmo aparente dos golpistas de plantão.

*Antônio Pereira já foi vereador em Campina Grande e presidente do Sindifisco/Pb.
Hoje é vice-presidente da Afrafep – Associação dos Auditores Fiscais do Estado da Paraíba e auxiliar parlamentar em Brasília na Febrafite – Federação Nacional dos Auditores Fiscais Estaduais do Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário