sexta-feira, 21 de julho de 2017

PC PRENDE DOIS SUSPEITOS DA TENTATIVA DE ROUBO DENTRO DO MAXX EM CAMPINA

Policiais da DRF – Delegacia de Roubos e Furtos em Campina Grande prenderam dois envolvidos na tentativa de assalto contra os vigilantes da Empresa Prosegur dentro do supermercado Maxx na última sexta-feira (14/07) quando os funcionários estavam abastecendo os caixas eletrônicos.
Houve tiroteio, correria, confusão e muito tumulto dentro do prédio e no estacionamento do estabelecimento da Avenida Floriano Peixoto, no Bairro Dinamérica.
Um assaltante saiu baleado.
As prisões foram realizadas em João Pessoa e Campina Grande.
Os presos são José Edson Martins, de 23 anos, morador do Bairro Centenário, que estava internado no Trauma da capital, e Fábio Barreto, de 38 anos, preso em Campina, no Pedregal.
José Edson, segundo o delegado Cristiano Santana, estava se recuperando de um disparo no ombro que sofreu justamente na troca de tiros com os vigilantes.
Em contato com a imprensa na manhã desta sexta (21), Santana informou como foi que a polícia localizou José Edson que confessou o envolvimento na ação.
Na tarde do mesmo dia da tentativa de roubo soubemos que chegou ao Trauma de João Pessoa uma pessoa ferida com disparo no ombro e isso nos interessou por algumas circunstâncias. Nos deslocamos para a capital e ficamos sabendo que ele era natural de Campina Grande. Esse detalhe nos chamou mais atenção ainda. Durante um contato inicial ele argumentou que morava em Campina e que tinha ido à João Pessoa realizar um negócio, acabou sendo vítima de assalto e sofreu o tiro. Insistimos e percebemos contradições. Não demorou muito e Edson confessou a participação dele, contou alguns importantes detalhes”.
A partir do contato que teve com Edson, a DRF chegou ao nome de Fábio Barreto.
Fábio, por sua vez, disse que nada tem a ver com o caso, pois no dia em que aconteceu o crime ele estava se recuperando de uma cirurgia no Trauma e acompanhou tudo pelas redes sociais.
Ela afirmou que conhece Edson desde criança, mas em hipótese alguma se envolveu com este crime no supermercado.
O delegado Cristiano Santana enfatizou que a DRF investiga como foi a participação dele no caso.
A polícia já sabe que pelo menos cinco assaltantes participaram diretamente da tentativa frustrada do roubo.
Eles estavam em dois carros: um HB20 que foi recuperado nas Malvinas, pela PM, e um Celta de cor preta que ainda não foi localizado.
A TENTATIVA DE ROUBO
Tudo ocorreu  por volta das 11h00 da sexta-feira, 14.
Ladrões tentaram roubar malotes com dinheiro no momento em que vigilantes da empresa de valores Prosegur se preparavam para abastecer os caixas eletrônicos.
Houve troca de tiros dentro do estabelecimento e foi impossível controlar a situação.
Foi preciso o atendimento do SAMU para clientes e funcionários em estado de choque ou que se feriram levemente na correria.
A polícia chegou rápido, mas os assaltantes conseguiram fugir num HB20 de cor branca.
Um dos assaltantes saiu ferido e foi socorrido pelos comparsas.
Capsulas de pistola ficaram pelo chão.
O veículo usado na fuga foi abandonado em uma das ruas das Malvinas.
Parte ação foi registrada pelas câmeras de monitoramento do Maxx.

3 comentários:

  1. o cara é burro mesmo ele achava sendo socorrido lá em João pessoa A policia não ia achar.tanta inteligência pra nada vai ser burro assim na CORÉIA

    ResponderExcluir
  2. Melhor você entrar na política cara pálida

    ResponderExcluir