sábado, 18 de novembro de 2017

EM CAMPINA: COLÉGIO É DENUNCIADO NO MINISTÉRIO PÚBLICO POR RECUSAR CRIANÇAS ESPECIAL

*MAJOR DO CORPO DE BOMBEIROS, QUE TEM FILHO AUTISTA, SE SOLIDARIZA COM MÃE DE ALUNO E FAZ ALERTA (VEJA O VÍDEO NO FIM DA MATÉRIA)
Uma denúncia veiculada nas redes sociais emocionou a muitos na noite desta quinta-feira (17/11).

Trata-se de uma criança de nove anos com autismo, que teve matrícula recusada no Colégio Motiva Ambiental, localizado no bairro do Catolé, em Campina Grande.
A mãe da criança, a advogada Noêmia Ivana Godoy, assim que foi informada que seu filho não poderia ser matriculado na instituição, prestou uma denúncia na Delegacia de Infância e levou esta denúncia à promotoria da Infância e da Educação.
Segundo Ivana não houve motivos plausíveis para a recusa da matrícula da criança, pois foi informado por uma das coordenadoras da escola que já havia muitas crianças especiais matriculadas e não tinha mais vagas no segundo ano fundamental.
Uma audiência vai acontecer na próxima segunda-feira (20), no Ministério Público, para discutir o assunto.
A assessoria de Comunicação do  Colégio Motiva informou que “a denúncia não procede, pois o Colégio Motiva tem um histórico de acolher crianças com necessidades especiais”.
O setor jurídico da escola está elaborando a resposta, que será veiculada em algumas horas.
(Do Paraiba Todo Dia)
MAJOR DO CORPO DE BOMBEIROS SE SOLIDARIZA 
VEJA O VÍDEO


A Major Anuska do Corpo de Bombeiros Militar em Campina Grande, que tem filho autista, se solidariza com advogada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário