sexta-feira, 23 de março de 2018

CÁRCERE PRIVADO EM PROSTÍBULO DE CAMPINA GRANDE; DONA FOI PRESA

No final da tarde desta quinta-feira (22/03) a polícia militar prendeu uma mulher de 56 anos de idade acusada de cárcere privado em um prostíbulo no Centro de Campina Grande.
As vítimas foram duas mulheres de 25 e 41 anos de idade.
Uma delas ligou para a polícia informando que "ela e outras amigas" estavam presas havia três dias dentro do "cabaré" sem direito a sair e sob ameças.
Na mesma ligação ela disse que a dona no local estava embriagada.
Quando os policiais chegaram ao "ambiente" avistaram pelo lado de fora duas mulheres em um quarto pedindo ajuda.
Foi solicitado da proprietária que a dona abrisse a porta.
Inicialmente ela negou, porém após um diálogo com um PM, ela abriu um portão e permitiu que a guarnição entrasse.
As vítimas estavam trancadas em um quarto e confirmaram que "estavam sem poder sair e com a liberdade cerceada".
A proprietária do estabelecimento recebeu "voz de prisão", desacatou os policiais e acabou sendo algemada.
Na DISP - Delegacia Integrada de Segurança Pública - ela foi autuada por cárcere privado e desacato. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário