quarta-feira, 6 de junho de 2018

23 MULHERES FORAM FLAGRADAS COM DROGA NAS PARTES ÍNTIMAS TENTANDO ENTRAR NA “MÁXIMA”


Este ano, de janeiro ao dia 03 de junho, 23 mulheres foram flagradas tentando entrar com droga e celulares no Presídio Provisório de Campina Grande, conhecido como a “Máxima”.

A droga e os celulares estavam “armazenados” nas partes íntimas.
A última apreensão ocorreu domingo (03/06) quando uma mulher de 38 anos foi flagrada com 110g de maconha na vagina, após revista.
Ela iria entregar “o pacote” ao companheiro que responde por tráfico e porte ilegal de arma.
Juntas, as apreensões, se aproximam de 1,7kg de maconha na vagina.

Um comentário: