quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

AUTÔNOMO É ASSASSINADO EM CAMPINA COM OITO DE TIROS


(Atualizado)
Por volta das 23h30 desta quarta-feira (11/01) foi registrado na Rua São Vicente, no Bairro Pedregal, em Campina Grande, a morte de um homem de 35 anos de idade.
Ele foi assassinado com oito tiros de “uma arma de fogo de cano curto”, descreveu a polícia militar.

Ele foi identificado como Alexandre Freire dos Santos que morava no Bairro Bodocongó e trabalhava consertando celulares.
Alexandre foi assassinado dentro do carro e estava acompanhado de uma mulher.
O casal chegou ao Pedregal e Alexandre estacionou o veículo.
Dois homens se aproximaram e rapidamente "puxaram conversa".
Eles deram a entender que entrariam no veículo, porém um deles se aproximou da vítima e a executou.
Moradores ouviram disparos e entraram em contato com a Base da PM no Bairro.
Uma guarnição se dirigiu ao local e constatou que Alexandre já estava sem vida.
A mulher disse que não conhece os algozes. 
No relatório da PM consta que o autônomo "falava com uma pessoa ao telefone e acabou sofrendo os tiros sem chances de defesas”.
Ninguém no Pedregal informou quem eram os “desconhecidos” que estavam conversando com a vítima.
Alexandre chegou ao bairro num veículo Peugeot de cor vermelha.
A delegada Tatiana Barros e equipe presidem as investigações.
Campina Grande já registrou este ano, em apenas 11 dias, nove homicídios.
Neste caso, leva-se em consideração o fato de um policial reformado que foi baleado no dia 30 de dezembro, no Bairro Jardim Borborema, ter morrido no último dia 09.

Um comentário:

  1. muito estranho esse caso no bairro em que eu morro o cara chega 11.30 da noite chega dois cara fica conversando com ele a mulher que estava com ele não viu os cara entrara no carro.ai tem coisa

    ResponderExcluir